segunda-feira, 17 de maio de 2010

A Laranja boa no Cesto Podre

Falar de televisão não é algo fácil. Falar de telenovelas muito menos. Simplesmente porque é algo que mexe com o gosto popular, e os folhetins são alvos de verdadeiras paixões por parte do público, por isso, é sempre bom ter cuidado com as críticas e com a forma como elas são colocadas. Mesmo assim, falar da falta de qualidade da trama do SBT, Uma Rosa com Amor, é não sair do senso comum.

Qualquer telespectador desatento percebe num piscar de olhos a quantidade de problemas que a novela apresenta capítulo após capítulo. Desde os cenários que são de extremo mau gosto e seguem o padrão do SBT em mexicanizar tudo, até o figurino seguindo a mesma linha e que parece não fazer parte dos adereços da cena por estarem incrivelmente mal colocados. 

O texto do folhetim é o que há de pior atualmente na TV brasileira. Na tentativa de resgatar o humor leve e inocente para a TV brasileira, o autor Tiago Santiago mantém o estilo da obra atual e esquece-se que estamos em outro século e com décadas de diferença. Era evidente que seguir o mesmo padrão não daria resultados. Ele manteve o mesmo formato, mas também não abandonou seu jeito didático e cansativo de escrever, que também afugenta e muito o público.

O elenco também é preocupante. Um folhetim que não consegue se segurar com seu elenco não tem qualquer chance de fazer sucesso. Mesmo com um texto bom, atores e atrizes que não conseguem passar para o público a verdade escrita no roteiro, destroem toda a estrutura de uma telenovela. Não é o caso, pois o texto também não é bom. Mesmo assim, praticamente todo o elenco está de regular para mau, isso inclui veteranos como Jussara Freire que parece ter ressuscitado a Dona Tosca, personagem vivido por ela em Belíssima.

Uma Rosa com Amor é a pior novela produzida no ano, não resta dúvidas. É louvável a atitude do SBT em investir em teledramaturgia e deve-se insistir, pois no começo é difícil mesmo. Ainda assim, há uma laranja boa em meio a este cesto podre, e atende pelo nome de Carla Marins. Mesmo diante de um texto fraco, de parceiros de cena que mais atrapalham do que ajudam e de uma direção sem rumo, a atriz que protagoniza a história, vem dando um show de interpretação. 

Compôs sua personagem de forma muito feliz e, a cada cena, renova os trejeitos, as situações e encontra sempre uma nova forma de dar a vida a uma personagem deliciosa de se ver. Carla vem mostrando o talento que a consagrou na década de 90 e tomando conta da novela, mostra de que há salvação para a teledramaturgia da casa.

Este texto também estará disponível no site Famosidades, do Grupo MSN Entretenimentos.

7 Quebraram tudo:

Nair disse...

Eu gosto da Carla. Eu não sei porque esses artistas se iludem com o SBT. É melhor coadjuvar na Globo do que ser protagonista num programa sem audiência e sem qualidade. Eles mudam de emissora e se arrependem depois.

Mari disse...

Se é a pior novela do ano, empatou com a novela deprimente do Maneco. Pelo menos em relação ao texto fraquíssimo.
Acho URCA uma novela simpática, mas ela seria melhor se se passasse na séc de 50.

Maria Terezinha(TE) disse...

Que exagero! Adoro a novela. Assisti a primeira versão, e essa não fica devendo nada da outra.

roselicaserta disse...

O autor do texto acima acha que crianças não assistem tv? ou ele prefere que tenha muita insinuação de sexo como a de ontem no primeiro capitulo de passione , acho que a novela pode ate ser fraca mas posso com tranquilidade deixar minha filha de 10 anos assistir.

Tuddy disse...

Concordo em alguns pontos.
Mas, à Novela não é tão ruim, se for; o jornal da Record também é.
Muitas vezes à novela consegue empatar, e até mesmo ganhar do jornal da Record, ficando na vice-liderança.

TVxTV disse...

Roseli.

Você pode mesmo deixar sua filha assistir a Urca, mas não deve deixá-la assitir Passione que já entra no ar após as 21horas justamente por isso. O Ministério Público cria classificação indicativa para cada horário, cabe aos pais permitir ou não que os filhos vejam o que é considerado impróprio.

Novela não se julga por "crianças podem ver" porque não é um produto majoritariamente para este público.

Paulo Jr. disse...

Realmente, a idéia da novela é ótima, a personagem principal é ótima, com uma atriz ótima... mas o texto do (ridículo) Tiago Santiago...

Postar um comentário

Twitter Facebook Adicionar aos Favoritos Mais

 
Tecnologia do Blogger | por João Pedro Ferreira