terça-feira, 6 de abril de 2010

Pra que séries estrangeiras quando se tem Força Tarefa?

Estreou nesta terça-feira a segunda temporada da série Força Tarefa, da Rede Globo. Após um ano dinâmico, interessante, mas com a impressão de que sempre faltou alguma coisa em cada um dos episódios, a emissora divulgou que daria mais espaço para as cenas de ação, para as situações complexas e, principalmente, daria mais 05 minutos de exibição para a série.

Um acerto e tanto. A episódio de estréia da série mostra um texto mais caprichado, situações cheia de ações - não necessariamente com tiros desnecessários - e cenas fortes, como todo público deste segmento procura. Em determinados momentos do episódio não se tinha a impressão de estar assistindo a um programa da Globo. Expressões populares cheias de palavrões povoaram o episódio, afastando as falas do tal Padrão Globo, mas a aproximando e muito da realidade das personagens vivendo aquelas situações.

Desde a primeira temporada já se sabia que Força Tarefa era a melhor série policial brasileira já produzida, isso era indiscutível. Porém, o primeiro episódio da segunda temporada traz uma análise ainda mais surpreendente, ela começa a se aproximar do padrão americano de se produzir séries policiais - e olha que o padrão de lá é alto para este formato.

O que se viu neste episódio não foi apenas um texto impecável de Fernando Bonassi e Marçal Aquino, mas também uma direção correta e caminhando para o trilho certo feita por José Alvarenga Júnior. O elenco de Força Tarefa melhorou bastante e, para variar, o destaque do episódio continua sendo Murilo Benício que, cada vez mais, assume com maestria o papel do policial durão e todo certinho. Tenente Wilson voltou ainda melhor.

É preciso calma e não se empolgar muito. Um episódio é pouco para definir o nível da 2ª temporada. Os números prévios apontaram para liderança de Força Tarefa com 17 pontos de média no arredondamento. Numa noite em que o SBT colocou um de seus maiores filmes, A Hora do Rush 3 e a Record manteve Bela a Feia até as 23h17 - quase 25 minutos disputando com a série - com um capítulo que muitos esperavam, a liderança representa muito, principalmente se lembrarmos que houve mudança de data, no ano passado, Força Tarefa ia ao ar na quinta e não na terça.

SBT e Record não têm produções suficientes para combater Força Tarefa todas as terças e, pelo nível do episódio, é certo que a audiência vai crescer, mesmo assim, a estréia ficou apenas 1 ponto abaixo da meta estabelecida pela Globo para o horário, nada mal para uma estréia tão disputada.

Muito mais importante que os números apresentados pela audiência, é saber que finalmente o Brasil foi capaz de produzir uma série policial interessante, sem ser fake e também sem exagerar. Nós merecemos, afinal.


19 Quebraram tudo:

KG disse...

Estava assistindo Chuck no computador no horário. Vou tentar lembrar semana que vem de assistir :)

Ary disse...

Acho que vc falou pelo nariz e se precipitou ao dizer que SBT e Record não tem produções suficientes pra combater Força Tarefa. SBT tem bons filmes em seu arsenal,e Record vem aí com o Aprendiz. Como vc próprio diz,ainda é cedo pra avaliar nesse sentido. Mas temos umas pistas que jogam contra: Hoje a Record teve um vácuo na sua programação após Bela,a feia,que foi preenchido por CSI. Ora,aí estava claro que Força Tarefa não teve concorrência forte na noite de hoje. Por mais que CSI seja série expressiva,não teria capacidade pra enfrentar outra série no mesmo segmento,inédita,e produzida no Brasil. Evidentemente que a Record deu um tiro no pé na noite de hoje e deu uma colher de chá pra Globo e para o SBT. Pois bem.

Terça-feira próxima deve entrar em cena O Aprendiz,e se o SBT vier com um filme forte,vamos ver se essa série cópia de A lei e crime terá cacife pra aguentar o rojão.

Ary disse...

"SBT e Record não têm produções suficientes para combater Força Tarefa todas as terças e, pelo nível do episódio, é certo que a audiência vai crescer, mesmo assim, a estréia ficou apenas 1 ponto abaixo da meta estabelecida pela Globo para o horário, nada mal para uma estréia tão disputada."

Esse texto ficará guardado para futuras comparações.

Guilherme disse...

Mas como esse tal de ARY é ignorante, não sei como aceita um comentário tão idiota como esse.

Agora falando sobre o que achei do episódio: Adorei a Segunda Temporada, mas ainda acho que pode melhorar... Parabéns a Globo que produz vários seriados, ao contrário de outras emissoras

Mais uma: Esse ARY é um Recordista, eu acho que sei quem é ele, só para vc ver como ele é sem noção, visite esse blog:
http://audienciabrasileiradetv.wordpress.com/

paulo marcio disse...

Concordo plenamente essa serie da globo é de excelente qualidade não deixnado nada a desejar com as americanas apesar de amar series americana mas fico feliz que a globo mais uma vez toma ainiciativa de produzir algo tão bom e de tanta qualidade A globo cada vez se supera mais parabens

Ary disse...

Guilherme,Guilherme...

Vc me ataca,me chama de ignorante, diz isso e aquilo,e no fim nada de tentar rebater meus argumentos. E vc me chama de ignorante!!!

Conenhamos,esse artifício de tentar desqualificar o mensageiro e nada sobre a mensagem,é obsoleto e revelador: Mostra realmente que vc não possui argumentos plausíveis pra me rebater. Aí parte para os ataques gratuitos.

Ahahahahahahahaha,e vc descobriu a América ao saber quem eu sou. Agradeço por isso. Porque você eu nunca vi na vida. Nem sei quem é.

Ary disse...

Ahahahahaha,e o cara me chama de Recordista e o nick dele é um logo da Globo!!! É mole???

TVxTV disse...

E a propósito. Dizer que Força Tarefa é "cópia" de A Lei e o Crime é certamente comentário típico de quem não assiste a série. São duas séries com contexto completamente diferente, ambas são boas, mas Força Tarefa tem um roteiro muito superior e atuações idem.

Ary disse...

errata:convenhamos

Ary disse...

Dizer que as duas séries são de um contexto totalmente diferentes obviamente é um exagero. Lei e o crime aborda a guerra entre polícia e bandidos. Força Tarefa aborda a guerra entre polícia e polícia. A diferença entre as duas está aí,mas numa esfera maior tem várias características que tornam as duas semelhantes,a saber:ambas retratam a violência. São séries que vieram de uma mesma vertente e mesma inspiração: os seriados policiais norte-americanos. E além do mais o fato de a Globo vir com essa série logo após Record colocar no ar asua A Lei e Crime,mostra que há uma cópia de segmento.

E não vale citar seriados que a Globo transmitiu no passado como aquele que foi estrelado pela Malu Mader,cujo nome não me vem à memória agora,porque sabemos que a Globo fazia tempo não produzia seriados dessa natureza. Voltou a fazer tão logo Record exibiu Lei e Crime.

TVxTV disse...

Ary, dizer que porque ambas são séries policiais e ambas são séries inspiradas na americana faz com que a Globo tenha copiado a Record por ter apresentado depois é loucura.

Se for assim, a Record copia a Globo porque a Globo produz o segmento de novelas primeiro? O Melhor do Brasil é cópia do Caldeirão do Huck porque é o mesmo estilo? Os Jornal da Record é cópia do Jornal Nacional porque tem uma dupla de apresentadores?

Pelo amor de Deus, ne? A contextualização, o formato, o método, tudo é diferente em Força Tarefa. É impossível dizer que seja uma cópia de A Lei e o Crime, o máximo que dá pra dizer é que a Globo buscou um projeto de série policial ao ver o sucesso da concorrência, mais do que isso é falácia.

Ary disse...

TVXTV,

Vale dizer que a origem das novelas no Brasil está na Tupi,e não na Globo. Sobre os programas Caldeirão do Huck e Melhor do Brasil,difícil saber qual é a origem. A minha memória consegue chegar até o Chacrinha.

O negócio é o seguinte: é inevitável negar que muito da programação da Record tem sim inspiração nos programas da Globo. Inclusive o jornalismo. Sou Recordista,mas isso não posso negar. Isso é uma coisa ruim??? Não acho porque apesar das semelhanças,cada qual imprime suas características peculiares. Por exemplo: Acho que o jornalismo da Record é menos engajado(pra não dizer de rabo preso) politicamente. É assim,menos manipulador nesse sentido. Pode-se dizer que manipula em favor da IURD. OK,mas ocorre que não sou obrigado a ir em igreja. Porém,sou obrigado a ir às urnas. Novelas já acho que pela extensão e pela relevância que esse segmento ganhou no Brasil,deixou de ser uma idéia privatizada para pertencer bem do povo brasileiro,da mesma forma que os automóveis: Não podemos dizer que todas as montadoras copiam Karl Benz,tamanha a proporção que essa idéia tomou.

Sobre A Lei e Crime e Força Tarefa ocorre o mesmo. E eu não dissse cópia no sentido negativo do termo. Quis dizer que os dois tem segmentos e inspiração semelhantes.

É como dizia o Chacrinha: Em tv nada se cria,tudo se copia.

Abçssssssss

Guilherme disse...

Aff, uma hora ele defende a cópia, outra hora ele critica
Ele foge do assunto, isso é fato.

R disse...

Caramba... o Ary veio fazer suas críticas sem fundamento até aqui...
Nos outros Blogs ele só comenta em RTs nos quais a Record está na vice... nos outros nem dá as caras.
Lamentável.
KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

Guilherme disse...

E outra coisa: Esse ARY não gosta de quem elogia a Globo, se defende a Globo a pessoa é chipada pela nossa querida Rede Globo.
Quem é fanático pelo Record é uma pessoa inteligente na opinião dele, mas agora nem vou voltar, esse ARY é um sem noção

Ary disse...

Eu não critiquei a cópia. Nem ao contrário. Me limitei a dizer que era cópia. Tah lá meu texto inicial,que não me deixa mentir.

Aliás,a maior parte do que escrevi nem enveredou por esse caminho e sim disse que os argumentos sobre a audiência em relação aos programas das concorrentes eram falhos,uma vez que o SBT possui um forte arsenal de filmes. Esse primeiro episódio de Força Tarefa foi apresentado com um vácuo na Record,que escalou CSI pra competir. Mas semana que vem tem a estréia do Aprendiz,aí quero ver como é que fica.

TVxTV disse...

Sim Ary, eu entendi - apesar de muita gente não ter entendido e estarem exagerando - mas discordei de você no que concerne a "cópia" porque não se pode chamar um formato vasto, com inúmeras possibilidades de cópia. Seria como, nos EUA, dizer que Cold Case copia 24 horas porque ambas são policiais.

Sobre a questão de audiência, vc tem razão quando fala de O Aprendiz, mas como eu não acredito que o SBT terá 13 pontos de média todas as terças e também não acredito em mais do que 11 pontos para o Aprendiz ,minha opinião não muda.

Ary disse...

TVXTV,

Grato pelo debate respeitoso que me concedestes.

Mas agora é hora de levantar barraca,porque to vendo que as "abelhas" já chegaram aqui.

Percebe que passei a ser tema do post,ao invés do bonito texto que vc escreveu(tenho que admitir que voce se expressamuito bem, embora discorde de alguns pontos)???

Uma pena que as "abelhas" preferem vir falar do ARY acomentar o post.

Um abraço

Maria José disse...

Mil vezes CSI. Não vou com a cara do Murilo Benício. Só assisti um episódio de Força Tarefa na 1ª temporada e achei um saco.

Postar um comentário

Twitter Facebook Adicionar aos Favoritos Mais

 
Tecnologia do Blogger | por João Pedro Ferreira