quinta-feira, 1 de abril de 2010

Porque a Record é vice-líder

Falar sobre a vice-liderança de audiência entre as TV's abertas do Brasil não é uma tarefa fácil, muito pelo contrário, é algo complexo e muito polêmico, uma vez que certamente irá desagradar muitos leitores que têm verdadeira paixão por uma emissora de TV, seja ela qual for, porém é uma análise interessante.

Durante muitos anos o SBT foi a alternativa que o público tinha quando não estava disposto a assistir a programação da Rede Globo. Praticamente desde sua estréia, o canal se manteve na vice-liderança por longos anos, até o início do atual século. Porém, investimentos altos e organização em sua grade fez com que a Rede Record chegasse ao 2º lugar. Na época, a impressão que se tinha era de que - muito mais que a vice-liderança - a emissora brigaria pelo 1º lugar.

Até que a ânsia por ultrapassar a Rede Globo fez com que a direção da emissora se perdesse completamente e, cheia de atitudes errôneas, mudanças na grade, sensacionalismo e invenções sem fundamento, perdesse completamente o rumo e desse a Globo novamente tranqüilidade na liderança.

Atualmente, como este blog já disse, a Record é a alternativa de programação à Rede Globo, mas não é uma alternativa que ameaça e é este o ponto crucial da discussão. A vice-liderança de audiência no Ibope não significa nem de longe que a emissora seja a "2ª melhor do país", na verdade seria mais justa dizer que, excluindo a Globo com sua organização invejável, a Record é atualmente a "menos pior".

Sem organização nada funciona e, por conta disso, todas as outras emissoras do país juntas não conseguem atingir a audiência da líder absoluta nos números. A Record não é ameaçada pelo SBT ou por qualquer outra emissora em sua vice-liderança, mas, assim como todas as outras, não há público fiel, ao contrário, disputa apenas os restos de audiência deixados pela Globo.

Isso parece duro e cruel, mas é real. Se você considerar as grandes audiências da Record, vai perceber que são audiências irregulares e de determinado período e, transferindo o horário para a Globo, vai notar que estes números são reflexos de horários com programação fraca na Globo. Uma novela que não deu certo. Um programa que não funcionou em determinado dia. Uma série que não caiu no gosto popular.

Ou seja, tanto a Record, quanto o SBT ou qualquer outra emissora, somente consegue números significativos de audiência quando a Globo está com um programa fraco no horário. Ou seja, não é por mérito delas, não é por organização, não é por conquista de público fiel. É apenas restos deixados à mesa. Simples assim.


10 Quebraram tudo:

Gabriel Borba disse...

Daniel
Bem vindo de volta! (Brincadeirinha... mas que bom vê-lo escrevendo do jeito que todos gostamos, e deixando de lado fofocas e diz-que-me-disses).

Acho que resumiste bem o que é a televisão brasileira: a Globo soberana e um monte atrás "comendo os restos".
O Plim Plim chegou a um nível em que disputa audiência consigo mesmo, e não com as concorrentes. Explico: lançam uma novela e ela "não dá certo", mas não por que ficou em segundo lugar na audiência, mas por que marca menos pontos que aquela que acabou.
O padrão Globo é inconfundível. É muito difícil criticarmos alguma produção.
A emissora se dá ao luxo de manter um mesmo padrão de grade há anos, e que todos já sabemos qual é: filme na segunda, humor e jornalismo na terça, futebol na quarta e por aí vai. Os programas têm seus horários definidos, e mudanças são muito esporádicas.
É como um monopólio, com todos os seus prós e contras.
Um abraço.

tico_fakee disse...

em alguns momentos o autor desses textos é contraditorio

Rodrigo Saraiva disse...

Discordo quase que totalmente do texto. A Globo é líder por tudo que conquistou em uma história de muito dinheiro. Tem os melhores atores, melhores diretores, ganha mais, enfim, é difícil derrubar isso, mesmo que mudasse toda diretoria da Globo, ainda assim o canal teria os artistas e os programas que viraram rotina e assim parte da vida de milhões de brasileiros. NÃO acho a Record vice líder absoluta como foi dito, e o SBT ainda incomoda muito ela, pois vem aos poucos se recuperando bem, e ainda, tem os melhores apresentadores/animadores da TV brasileira.
A Record cresceu muito graças à investimentos sim, mas de dinheiro que o Bispo roubou por meio da "Igreja" Universal. Se tem um título que a Record merece é de a emissora mais suja do Brasil.

Mauricio disse...

Certissimo, "PARABENS" pelo comentário...

Theus disse...

Concordo com tudo que o Rodrigo Saraiva disse

Nubia de Oliveira disse...

Assistir à Globo é um hábito do brasileiro difícil de mudar. As pessoas estão acostumadas desde criança a ver o pais assistir ao Jornal Nacional, a mãe ver novelas etc. E isso passar por várias gerações. Mais que isso, estão acostumados ao padrão da emissora em produzir as atrações. Mesmo quando um programa não dá certo (como esse novela Viver a Vida), continuam assistindo. Para mudar isso, as concorrentes precisam "educar" esse público e "pescar" o novo público para o seu canal. Mas como você sempre diz, elas erram feio! A Record até poderia lutar pela liderança, tem dinheiro... mas falta produto humano com capacidade de oferecer realmente uma alternativa compatível à Globo. Nisso ela peca ao tentar copiar ao estilo genérico-pirata.

Maria Terezinha(TE) disse...

Concordo com o Rodrigo.

Fellipe disse...

O problema é que a ficha ainda não caiu pros telespectadores da Record. Se eles comparassem as cópias, as mudanças de horário repentinas, não assistiriam mais. A vice não vem de um dia pro outro, não foi assim com a Record também, a programação do SBT é diversificada e relativamente boa, uma dia a vice vem, acho!

Daivison Tavares disse...

O SBT é sim um canal desorganizado,ponto.Ele tem sérios problemas em sua grade.Tem erros gravíssimos com mudanças de horário,mas apesar de ter tantos problemas a emissora de Sílvio Santos tem carisma e além de carisma ela joga limpo,mantendo pelo menos agora uma relação amigável com as outras emissoras.Pelo menos nunca fez que eu me lembre programas pautados em ofender suas concorrentes.A Record na minha opinião está no 2º lugar pelo simples fato de ter contratado muitos profissionais que ganharam credibilidade na telinha da Globo.E pra concluir a Globo é maior emissora do país por sua organização e o talento de seus profissionais e mais do que isso pelo respeito que ela tem por seus telespectadores e contratados.

tico_fakee disse...

não vou colocar dignidade na questão porque a globo da mesma forma que é líder em preferencia do publico é líder em 'sujeiras'.
a record é uma boa emissora e é sim a segunda MELHOR do Brasil. Programas como Domingo Espetacular, Reporter Record, Fala Brasil, A Lei e o Crime provam que a emissora tem competencia mas falta organização.

Postar um comentário

Twitter Facebook Adicionar aos Favoritos Mais

 
Tecnologia do Blogger | por João Pedro Ferreira