sexta-feira, 9 de março de 2012

Rebelde não precisa de segunda temporada

A Record ficou em dúvida, levou tempo para fazer o anúncio, mas finalmente decidiu pela manutenção da novelinha teen, Rebelde. Com a segunda temporada garantida, com data prevista para início nos próximos dias, fica uma reflexão para todos nós sobre esta decisão: exatamente pra que a emissora vai levar ao ar mais uma temporada?

A novela nunca aconteceu, de fato. Sem audiência explosiva, sem conseguir destaque midiático e, principalmente, sem histórias que conseguissem envolver ou chamar a atenção, Rebelde sempre se mostrou um problema, mais do que isso, um constrangimento para a teledramaturgia, pois nunca conseguia se firmar pela qualidade de texto ou elenco.

As características folhetinescas de Rebelde sempre incomodaram. O maniqueísmo abusivo e a falta de capacidade de se aprofundar, um pouco que seja, na realidade dos adolescentes e jovens do Brasil, chamavam a atenção - e de forma bastante negativa. Ao invés de tratar de temas que pudessem dialogar com o jovem brasileira, a autora optou por encher a trama com tons de novela mesmo, vilanias, historinhas vazias de amor, mas nenhum tema importante de verdade.

Se é para ser mais do mesmo, Rebelde já cumpriu seu papel. Uma história vazia mostrando personagens que não tinham muito a acrescentar e uma história que era só mais uma no meio da teia da dramaturgia nacional. Não há nenhum motivo que justifique a segunda temporada da novela. Se nem na primeira temporada a trama conseguiu criar situações, temas e diálogos que chamassem a atenção para o debate, ter outra temporada mostrando as mesmas situações vazias, de entretenimento barato para que?

Muitos podem defender a manutenção do produto por conta da Banda. Mas, é importante frisar, novela não é feita para levar fama a grupo musical. Se a música chama mais a atenção que o roteiro, algo está errado. E, de qualquer forma, a banda já aparenta ter seu público e seu espaço próprio. Seria o caso do elenco decidir se querem continuar cantando ou manter a carreira em novelas e irem para outras produções. Mas segunda temporada de Rebelde não dá para engolir.

2 Quebraram tudo:

Mateus disse...

A própria novela mexicana fez um estrondoso sucesso aqui no Brasil, com uma trama totalmente mexicanizada. Talvez o buraco seja mais embaixo do que a falta de realidade brasileira.

Eu não vi a novela, nem sei se foi esse fracasso todo mesmo, mas pelo menos nas redes sociais, a criançada enche a paciência com Rebelde pra lá e Rebelde pra cá... Isso já não seria um ponto positivo, pelo menos em vendas?

Se fez uma temporada ruim, uma segunda não poderia ser consertando os erros? Por que não dar uma segunda chance? A não ser que a emissora mais gaste do que ganhe com o produto.

A Globo mesmo insiste em manter coisas de mal gosto em sua programação, como a péssima Malhação.

Só pra deixar claro, não sou fã da Record e de emissora nenhuma, quem dera aqui houvesse uma briga de pau a pau em audiência entre todas as emissoras, como é em outros países. Nós saíriamos ganhando.

Francisco Othon Pereira de Norões disse...

Está a hora deixa Malhação no ar.

Postar um comentário

Twitter Facebook Adicionar aos Favoritos Mais

 
Tecnologia do Blogger | por João Pedro Ferreira