sábado, 20 de novembro de 2010

Crítica: Harry Potter 7 é só um filme normal

*Contém spoiler para quem não viu o filme, se é o seu caso, evite o texto.

Com dois dias nos Cinemas do mundo todo, a sétima franquia de uma das sagas de maior sucesso da História do Cinema - e também da Literatura, claro - vem fazendo muito sucesso, enlouquecendo fãs e provocando filas impressionantes nas Salas de exibições em diversos países.

Harry Potter e as Relíquias da Morte - Parte 1 é, digamos assim, o começo do fim da história do bruxinho britânico que encantou uma legião de fãs ao redor do mundo. Criado pela mente brilhante de JK Howlling, o universo de Harry tornou-se uma das obras mais bem sucedidas do século XX e início do século XXI, colocando a autora como a mulher mais rica da Grã-Bretanha. 

Os filmes, adaptados por Hollywood, nunca foram propriamente sinônimo de sucesso de crítica junto a especialistas e fãs da obra. Existem dois tipos de fãs de Harry Potter. Os que conheceram o bruxo pela Literatura e odeiam o filme e os que conheceram pelo filme e amam ambos, filme e livro. A bem da verdade é que os filmes nunca conseguiram dar o exato encanto do universo de Hogwarts, porém, não se pode dizer que fossem ruins, ao contrário, sempre conseguiram transmitir uma imagem bacana da história.

O filme lançado há dois dias não é diferente. Contando a primeira metade do último livro que encerrou a saga, a fotografia impressiona, os efeitos especiais chamam a atenção e o roteiro consegue dar o tom sombrio que a história pede. Aliás, nestes três itens, a película é disparada a melhor de toda a franquia, incomparavelmente. Porém, houve equívocos graves em Harry Potter 7, o principal foi a decisão de "digitalizar" um dos personagens mais importantes dessa fase, o elfo Dobby.

Dobby surge pela primeira vez em Harry Potter e a Câmara Secreta e, tanto no livro quanto no filme, os fãs logo gostaram do personagem. A morte de Dobby no último livro causou comoção em fãs que estavam ansiosos por ver a cena no cinema, porém, com a mudança física e de voz do personagem, não houve a mesma empatia e a cena acabou não emocionando tanto quanto poderia.

O elenco também não estava em seu melhor momento. Todos já estiveram em melhor fase, principalmente em Harry Potter e o Enigma do Príncipe, grande momento de atuação do grupo. Porém, a exceção coube a Emma Watson que foi a dona do filme e roubou a cena para si. Hermione já é uma personagem muito carismática, e com a atuação primorosa de Emma ficou ainda mais fácil gostar dela.

Analisando critica e firamente, Harry Potter e as Relíquias da Morte poderia ser melhor e deveria ter retratado melhor o universo literário, mas como fã, a análise pode ser outra. A película cumpriu o seu papel de contar uma longa história em pouco mais de duas horas e emocionou fãs por todo mundo. Destaque para a cena em que a coruja Edwiges morre, uma das cenas mais emocionantes de toda a saga. E vamos aguardar pelo último filme que fechará o ciclo mais vitorioso que uma saga poderia ter.

3 Quebraram tudo:

welington laufer disse...

cinema é um universo muito diferente da televisão
e deste universo infelizmente você não entende muito bem
o filme é um dos melhores da série (aguardo a 2º parte para confirmar) e isso é um fato incontestável.

Wander disse...

cinema é um universo muito diferente da televisão
e deste universo infelizmente você não entende muito bem
o filme é um dos melhores da série (aguardo a 2º parte para confirmar) e isso é um fato incontestável. +1

Uau, Welington disse tudo! Acompanho seu blog e adoro os comentarios e criticas em geral sobre os programas de TV! Mas essa critica vc bem infeliz em algumas observações, apesar de concordar em diversas partes, principalmente no que diz respeito a atuação da Emma, que foi simplesmente ÓTIMA

Até pq, de longe, o filme ficou MUITOO fiel ao universo literario, suspense, emoção... depois de varias decepções, enfim um filme da saga da qual eu pude me orgulhar! O elenco foi estupendo, e o trio nunca teve tanta química. O Rony explicando pq voltou... ah tantas cenas que num comentario seria impossivel descrever!

canal audiencia disse...

Esse foi de longe para mim o pior da saga. Deu vontade de dormir. Os efeitos estavam ótimos.

Postar um comentário

Twitter Facebook Adicionar aos Favoritos Mais

 
Tecnologia do Blogger | por João Pedro Ferreira