segunda-feira, 28 de setembro de 2009

Viver a Vida é um Porre


Após duas semanas, ou seja, 12 capítulos de Viver a Vida já é possível se construir uma crítica baseada puramente na história pretendida por Manoel Carlos, como se faz em toda novela, após essa quantidade de capítulos já há um esqueleto muito bem desenhado da construção de uma trama.

E a trama de Viver a Vida me surpreendeu. Em duas semanas ela se mostrou muito mais fraca do que eu esperava. Foram 12 capítulos modorrentos, arrastados, cheio de situações desnecessárias e falas absolutamente dispensáveis na construção de uma boa história. A maior parte da cena em que Manoel Carlos tenta inserir situações do cotidiano humano, ele acaba errando colocando cenas que são sim do cotidiano, mas que não acrescenta absolutamente nada a trama, estando ali apenas para aumentar o tamanho do capítulo.

Outro problema grave detectado nos primeiros capítulos da novela são os recorrentes clichês. Principalmente nos três primeiros capítulos, Manoel Carlos colocou todos os clichês possíveis e imagináveis para uma novela. O exagero dos clichês foi tanto que, em determinado momento, deu vontade de desligar a TV. Um exemplo clássico desses clichês foi a protagonista Helena (Taís Araújo) permitir com que sua concorrente nas passarelas, Luciana (Aline Morais) fechasse o desfile em búzios. E o que aconteceu? O mais óbvio, Luciana cai durante o desfile. A cena, além de tudo, foi mal dirigida e o público ficou assistindo com cara de idiota.

E os personagens? Ah, os personagens de Manoel Carlos. Todos são raros, estereotipados e sem nada a contar, com raras exceções. A Helena de Taís Araújo que era para ser a melhor das Helenas, até o momento tem sido a mais insuportável delas. Uma heroína típica e com todos os estereótipos possíveis para uma protagonista e o mesmo acontece com Marcos (José Mayer).

Mas há exceções. Lília Cabral segue dando um show de atuação como tem se tornado corriqueiro em seus trabalhos e, além de tudo, sua personagem ajuda – e muito. Thereza é até agora, disparada, a melhor personagem da trama.

Nas histórias em si, eu gosto da história de Ariane (Christine Fernandes), me parece que ali pode render um núcleo interessante para a novela, mas só o tempo dirá se o autor também não vai errar a mão ali.

Enfim, Viver a Vida começou, mas ainda não disse a que veio e, se formos comparar com as novelas anteriores, o saldo ainda é pior. Caminho das Índias estava muito bem após suas duas primeiras semanas, mesmo tendo se perdido completamente depois e A Favorita já mostrava que seria uma das melhores novelas já produzidas depois de 12 capítulos. Viver a Vida, ao contrário, pode ser uma das piores.

* Artigo publicado também no site Famosidades. Clique aqui e conheça as notícias do mundo dos famosos.

23 Quebraram tudo:

Anônimo disse...

Pra quem escreve "Vier a Vida" não poderia mesmo gostar da trama. Porre é quem faz uma crítica baseada no próprio gosto e não têm uma visão pra dizer que simplesmente não gosta por não ser um estilo ao gosto. Já que o que é escrito aqui dá pra ver muito bem que é baseado no gosto do autor e não naquilo que é realmente coerente.

Daniel César disse...

Não Anônimo (aliás, podia se identificar, ne?), a crítica não se baseia no meu gosto. É o meu gosto que define o que é clichê? Não. É o meu gosto que define o que é estereótipo? Não. Está tudo no dicionário, é só ir lá, ler e comparar com os personagens horríveis dessa novela.

lucas de manaus disse...

Pra começar, eu concordo plenamente com tudo o que vc escreveu... se esse anonimo aí perguntasse para 10 pessoas quais estavam gostando dessa novela, tenho absoluta certeza que pelo menos 8 diriam o mesmo que vc escreveu. Essa protagonista ta um saco! a lilia cabral ta salvando a novela, so assisto por causa dela e da aline morais. Eu amo a thais araujo, mas essa personagem dela ta me saindo uma grande imbecil, ta mt boazinha, muito fake. Outro grande problema, OS "DEFEITOS" ESPECIAIS... Pelo amor de deus!!!!! Se não tem como fazer os efeitos especiais parecerem realmente reais, não tente nem fazer... Que cenas horrorosas sao aquelas no qual os "gemeos" se enforcam? a cabeça do "enforcado" parece que vai cair no chao a qualquer momento! Que mal feito!!!! O ator é otimo, mas esses efeitos sao podres... sem falar que aquele irmao chato é serio demais... uó

Daniel César disse...

Oi Lucas.

Concordo com vc, mas não acho a Helena boazinha demais, acho ela estereotipada demais, até seus defeitos, são defeitos justificáveis, isso me incomoda.

Sobre os efeitos nas cenas dos gêmeos, realmente tá tudo muito mal feito. O Mateus Solano começou me irritando um pouco com interpretação forçada, mas parece que já acertou o tom dos dois personagens.

Anônimo disse...

Olá Daniel César, o anônimo se chama Leonardo Medeiros, desculpa ter colocado como anônimo, é que eu não tinha conseguido colocar o nome, enfim... Com certeza, eu concordo que têm clichês, mas se compararmos aos outros autores, você vai ver que todos trabalham com o seu clichê pessoal. Pessoalmente... eu digo pessoalmente, eu detesto aquele velho clichê que o Gilberto Braga coloca, quem matou quem?, têm os que adoram, eu gosto muito das novelas dele, mas esse clichê me encheu, mas se eu tivesse um blog como o seu, que eu gosto de ver sim, eu sou estudante de rádio e tv e adoro ler blogs como o seu, eu iria tentar colocar um ponto de vista da teledramaturgia e não aquilo que eu gosto, se você entrar na história realmente, verá que têm muitos clichês, mas clichês que muita gente poderia afirmar que são dele. Sabe o que mais me irrita nos seus comentários, são os que vc chamam de diálogos que não acrescentam em nada na trama e o que mais desagrada as pessoas são justamente diálogos entre personagens que só falam dos problemas e alegrias que o personagem está passando para a trama, exemplo, se a vilã de uma determinada novela quer matar todo mundo, os diálogos dela é somente isso, não têm um momento onde ela fala de suas virtudes, alegrias, etc... que nós temos na vida real. O Manoel Carlos coloca isso de maneira verossímel, diálogos que faz o público se identificar com algum personagem. A personagem da Lilia Cabral em outra novela seria horrível, porque ela iria armar pra cima da Helena que eu tbm ainda não gostei, e não teria diálogos comuns que nós temos no dia-a-dia. abço! não é pessoal.

Daniel César disse...

Oi Leonardo. Por que você não conseguiu colocar o nome? Problema no blog ou algo assim?

Sobre sua opinião, eu entendo, mas não concordo. E, por favor, tire da sua cabeça que minhas críticas são baseadas em gosto pessoal, não são. Existem programas que eu não gosto do formato, mas reconheço como bons em entretenimento.

E você está confundindo estilo com clichê. Eu reconheço o estilo de Manoel Carlos em sua novela, mas nunca antes ele abusou dos clichês, como agora. TODO capítulo vem recheado deles.

A questão dos diálogos desnecessários eu respeito seu ponto de vista, apesar de considerar absolutamente em vão utilizar esse artifício porque na dramaturgia é preciso, no mínimo, criar dramaticidade, e essas cenas não fazem isso.

E não acho que a Thereza iria armar para a Helena em outra novela porque, apesar de muita gente pensar assim, não vejo a Thereza como uma vilã, ao contrário, ela é a única personagem real dessa novela.

Gui disse...

Daniel!

Estou repassando o link de uma matéria do Jornal Gazeta do Povo, aqui de Curitiba, com uma crítica sobre Viver a Vida. Leia, é bem interessante.
http://portal.rpc.com.br/gazetadopovo/cadernog/conteudo.phtml?tl=1&id=928332&tit=A-boa-vida-segundo-Maneco

Anônimo disse...

Amore vai assisti a Rceord então, Viver a Vida é perfeita!

Anônimo disse...

concordo com o comentário do jornalista
a helena é uma chata
certinha demais,boazinha demais

Anônimo disse...

A novela não é um xarope é um purgante mesmo. Os diálogos parecem de autor de drama mexicano ambientado na década de 50. Manoel Carlos está irreconhecível.

Anônimo disse...

Thais de Manaus aqui

Olha Daniel concordo com a maioria do que você disse aqui, pensei que só eu pensasse assim.O que mais estraga a novela pra mim é a Helena(Taís Araújo), pra começar ela não conseguiu encontrar a química entre ela e o Marcos(José Mayer), não conseguiu fazer que o Brasil torça pra eles ficarem juntos, e aquela lua de mel? Me poupe né, tava um saco, eu não aguentava mais aquelas cenas, tinha vontade de desligar a TV, e parecia que aquela lua de mel não ia acabar nunca.
Eu tava assistindo um capítulo e chegue a conclusão que aquela menininha filha da Dora(Geovana Antonelli) atua melhor que a Taís Araújo, nunca tive críticas sobre ela, mas acredito que depois dessa novela ela vai perder muitos trabalhos.

Anônimo disse...

Nany Coelho

Concordo tb com vc Daniel...sou super fã dos trabalhos de Manoel Carlos...mas dessa vez ele não acertou na Helena..patricinha demais, exigente e usa um tom sempre ironico. Thais Araújo deu show em outras interpretações , mas nessa não convenceu ninguem...ahhh além de Tereza ta roubando a cena ...outra que ta indo muito bem e deixando expectativa é a Dora.

Tatiana Arantes disse...

Estou achando a novela um pouco lenta, mas em destaque o personagem da daniele suzuki ta arrebentando, muito expressiva e forte. Apesar de ainda ter pouco espaço pelo que o talento da atriz merece já deu pra sentir que ali pode ter uma boa historia a se desenvolver.Gosto tambem dos diálogos da excelente atriz lilia cabral e da atuacao do ze maia.

adriana disse...

achei paternalista a defesa de Maneco em relação a atriz.
Parece que o autor não aceita as criticas também em relação sua Helena.
Acredito que ele não acertou na escolha da atriz,
A Dora *Geovana Antonelli* teve mais quimica com o personagem do que a Helena, ambas são jovens e lindas....
Tive a impressão que devido esta química o autor separou rapidamente os personagens.

Achei muito legal na novela anterior a Gloria Perez mudar a trama pois ela teve a sensibilidade ao perceber que não havia uma química entre os personagens do trio amoroso.

Anônimo disse...

Lie um comentário seu dizendo que a Helena é muito chata concordo plenamente ela é muuuuuuuuuito chata,porém discordo quando vc diz q a Barbara Paz estar arrazando o que nao é verdade sua interpretação tb é um porre!!. As unicas personagem q tá dando um shwou é de Alinne Morais( Luciana) e Lilia Cabral como sempre arrepentando em sua interpretação como Tereza shwou de bola, parabéns para as duas....

Julia disse...

Nossa gente, viver a vida é chato demais!
Não da para assistir, não acontece nada de emocionante, nada...é tudo muito normal, dramático e melancólico, ninguem aguenta mais ver isso!
Além do que, a personagem principal, Thaís Araújo, irrita muito, ela tá forçada, se achando a maravilhosa! Da vontade de bater na tv!!!!
Realmente a Alinne Morais e a Lilia Cabral tão arrasando... pena estar numa novela tão chata e irritante!

entre,olhe e admire disse...

Eu concordo com vc Daniel em vários pontos.Mas pra mim o problema da novela não está na interpretação da Taís Araújo e sim no Manoel Carlos que fez um história fraca demais para o horário nobre da Globo.Ele não está dando a ênfase nacessária para a Helena de Taís Araújo,o mesmo eu achei em Mulheres Apaixonadas com Christianae Torloni.Eu teno pra mim que o Manoel Carlos tem uma quedinha pela Regina Duarte,porque as melhores Helenas que ele escreveu foram para ela.O defeito de Viver a Vida está no seu próprio autor e não nos atores como muitos estão dizendo.

entre,olhe e admire disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Daivison Tavares disse...

Eu concordo com vc Daniel em vários pontos.Mas pra mim o problema da novela não está na interpretação da Taís Araújo e sim no Manoel Carlos que fez um história fraca demais para o horário nobre da Globo.Ele não está dando a ênfase nacessária para a Helena de Taís Araújo,o mesmo eu achei em Mulheres Apaixonadas com Christianae Torloni.Eu teno pra mim que o Manoel Carlos tem uma quedinha pela Regina Duarte,porque as melhores Helenas que ele escreveu foram para ela.O defeito de Viver a Vida está no seu próprio autor e não nos atores como muitos estão dizendo.

Vania disse...

A parte que acho lamentavel na novela e' o casinho GUSTAVO-MALU. Confesso que nao sou uma pessoa preconceituosa ou com a cabeca fechada no que diz respeito a traicao no casamento. Acho que casamento deve ser um porre.
Porem, abordar uma relacao extraconjugal onde o marido tem caso com a prima da esposa e isso ser mostrado como "a piadinha" da novela, a parte comica, e lamentavel.
Chega a ser ridiculo que um homem panaca como aquele Gustavo seja casado com uma mulher linda como a Betina e trair, de forma tao leve, com a propria prima dela.
Ora, se as novelas querem abordar a traicao no casamento, que seja de uma forma decente. Um homem ou trai a esposa com varias mulheres e talvez isso nao atrapalhe sua vida no casamento OU, quando chega a ter um caso fixo com alguem, isso normalmente ocorre de uma forma dramatica, onde todos sofrem. Essa e a realidade, se MANECO gosta de abordar o cotidiano. Chega a ser cansativo uma abordagem que nao existe na vida real, uma piadinha de pessimo gosto.

Priscilla disse...

Meu, concordo com tudo q vc disse nesse post!
Essa novela desanima todo mundo! As histórias não decolam, as coisas nunca saem do mesmo lugar. Pra começar: na minha opinião Luciana (a princesa da cadeira de rodas kkk) não é exemplo pra cadeirante nenhum nesse mundo! Ou será q Maneco pensa q todos os cadeirantes moram num palácio, possuem carros adaptados, cama com comando de voz, e todas as adaptações possíveis e imagináveis até pra respirar...A´ÚNICA vez em q Luciana pegou um ônibus, ficou tão indignada q nunca + andou... Isso transmite realidade??? E as pessoas q estão condenadas a uma cadeira de rodas e não podem se dar ao luxo de nao pegar ônibus e estão obrigadas a passar por isso todos os dias???
Tirando Luciana, há outras coisas chatíssimas, por exemplo: aquela tonta da Betina q só fica no flerte e nao sai daquilo com o Carlos; Gustavo e Malu (dois cretinos) q nunca saem dos beijos; Ariane e o marido de sua paciente não decolou; Renata e sua anorexia alcóolica tão pouco; Helena e Marcos, e Helena e Bruno sem comentários; Luciana e Miguel: puta casal porre... Tomara q essa novela acabe logo

thales disse...

Foi umas das piores novelas que eu ja asiste de pois dela tempos modernos

thales disse...

novelinha paresse ate comedia!!!

Postar um comentário

Twitter Facebook Adicionar aos Favoritos Mais

 
Tecnologia do Blogger | por João Pedro Ferreira