quarta-feira, 2 de junho de 2010

Telenovelas ou séries? Qual o futuro?

Já se foram 13 capítulos da nova novela da Rede Globo, Passione, e está mais do que claro que a trama é infinitamente superior em todos os quesitos à sua antecessora. Mais do que simplesmente isso, ela é melhor do que a maioria das novelas das 9 transmitidas pela emissora ao longo da década, ao menos nestas primeiras duas semanas de exibição. Porém, até o momento o que se tem visto é o pior início de uma telenovela global no horário em relação aos números de audiência. Passione vem registrando números na casa dos 32 pontos, ou seja, 8 pontos abaixo da meta.

É evidente de que ainda é influência da péssima Viver a Vida que afugentou o público acostumado a assistir novela e, na prática, a trama de Sílvio de Abreu está apenas a 04 pontos da média geral da antecessora. Junte-se a isso o fato de que toda telenovela somente engrena em audiência após o capítulo 30 e pode-se ter uma explicação. Ainda assim, Passione fecha um ciclo extremamente desagradável para a Rede Globo e que se iniciou em Paraíso Tropical. Agora, em 2010, todos os principais autores globais sentiram na pele a impressionante queda de audiência do maior produto da emissora. A queda começou com Gilberto Braga, passou para Aguinaldo Silva em Duas Caras, correu por João Emanuel Carneiro em A Favorita, foi transferida para Glória Perez em Caminho das Índias e também assolou Manoel Carlos em Viver a Vida. Restava apenas Sílvio de Abreu e, pelo visto, não resta mais.

Em contrapartida o que se vê no mesmo horário desde 2009 é as duas principais concorrentes da emissora carioca roubando preciosos pontos das telenovelas com um produto completamente diferente e que no Brasil nunca foi sucesso absoluto. As séries. Caminho das Índias sofreu e não conseguiu engrenar a não ser nas três últimas semanas e viu preciosos pontos serem transferidos para o SBT que exibia a série Sobrenatural. Neste período por diversas vezes a série americana chegava a dois dígitos de audiência e impressionantes picos, algo impensável contra uma novela das 8 até bem pouco tempo.

Em 2010, Viver a Vida e, agora, Passione, sofrem também. Mas o adversário é outro e em outra emissora. A Record aproveitou-se da estratégia do SBT e colocou no horário uma das principais franquias de série policial do mundo, CSI, e o resultado não poderia ser melhor. Sempre com médias girando acima dos 10 pontos, a franquia consegue altos picos e, a cada dia, maior audiência. Na noite de ontem, o share chegou em determinados momentos a 69%, muito alto, e apenas a atração da Record aumentou seus números, chegando a picos de 16 pontos contra a trama global.

Isso significa o que? O brasileiro está se cansando do formato das telenovelas? São mais de 40 anos assistindo ao mesmo formato de folhetim e, aparentemente, algumas pessoas decidiram mudar. Mas será mesmo? Afinal toda trama que tenta inovar sofre rejeição ainda maior por parte do público e toda emissora que tenta apostar em séries com episódios semanais, vê sua audiência fiascar. Qual o futuro da TV brasileira? As séries ou as telenovelas? Responda você.

Comente esta matéria


Confira as principais audiências minuto a minuto. Siga o TV a Ver

11 Quebraram tudo:

KG disse...

O dia que a Globo trocar suas novelas no horário nobre por séries eu mudo de nome!

jjlle disse...

Não acredito que seja por isso, porque se fosse as novelas das seis não estariam se saindo tão bem e Caras e Bocas também não teria sido um sucesso como foi. Além do mais a queda de audiência não começou quando começaram as séries no horário, foi bem antes. O que está acontecendo agora é que o público que tinha deixado de assistir televisão no horário por não estar gostando das novelas voltou para ver as séries.

A grande questão é que as temáticas das novelas das 8 não estão mais chamando atenção. Eu mesma deixei de assitir novelas das 8 depois de Belíssima e não me interessei por nenhuma até A Favorita. Só que o problema de A Favorita é que é um thriller, então tem um público mais restrito. Até tentei caminho das Índias mas a falta de química entre o casal protagonista pesou muito, e depois Glória Peres não soube mais como levar a novela, eu mesma só assisti alguns capítulos. Viver a Vida nem se comenta pq não foi um sucesso né? E Passione até estava ansiosa mas quando vi o trailer sinceramente Carolina não chamou nem um pouco de atenção como protagonista e acabei esquecendo de assistir o primeiro capítulo e pelas opiniões que ouvi e li nem me interessei em ver os outros.
Os autores das novelas das oito querem inovar mas estão esquecendo do que é vital no formato novela: É preciso ter uma protagonista de carisma e um casal ou triangulo amoroso forte e com química. Tendo isso pode inventar o que quiser pra acrescentar. E foi isso que se perdeu nas novelas das 8 dos últimos três anos e que se viu nas últimas novelas das seis: Paraíso, Cama de Gato e Escrito nas Estrelas. Três novelas totalmente diferentes, mas que tem esse ponto em comum.

Caroline® disse...

Sinto discordar, mas achei Passione fraca e repetitiva. Parece que o autor pegou a italianada do Benedito R. Barbosa, o casal de "cachorros" de Celebridade, e a ambientação de Belíssima, misturou tudo, requentou e apresentou como novidade. Com mais defeitos, já que a linguagem italiana da novela tá mais difícil de entender e Gianecchini e Mariana não são convincentes como Cláudia Abreu e Márcio Garcia foram. Eu tinha dado um tempo de CSI, mas acho que vou acabar voltando....

Nubia de Oliveira disse...

Acho que o brasileiro não tem mais compromisso com as novelas como tinha antes. Ninguém mais espera por um folhetim com ansiedade, não se identifica mais com os personagens, não engole mais os absurdos clichês novelísticos... é isso. Por que ficar preso por meses assistindo a uma coisa que já se sabe o final se podemos escolher outros meios de entretenimento (novos para a maioria dos brasileiros)?! Com o crescimento econômico e acesso das classes C e D à Internet, podemos baixar filmes e séries a qualquer hora, youtube, TV por assinatura. Novela não é mais a única opção.

Admin disse...

Não li tudo, mais vou comentar pelo que li.

A Favorita só foi mal no inicio pois TEVE UMA FORTE CONCORRENCIA, sim querendo ou não, na epoca OS MUTANTES era sucesso, e na estreia de A Favorita marcou 24 pontos se não me engano.

Viver a vida e Passione não tem essa disculpa, passione é melhor que vav, porém não é grande coisa também não !

Ja notei a algum tempo que novelas com dois nucleos ( nacional e internacional ) não estão mais dando tão certo,e cai entre nois, tem coisas em passione que eu nao entendo o que quer dizer nem a pau ... da uma puta raiva !

Acho que o brasileiro esta esperando novelas ao estilo do Joao Emanuel Carneiro, que até então, só fez novelão !

Nada mais de lenga lega, o povo quer ação, suspense, romance, mais não um romance mega exagerado, apenas romance ;D

E acho sim que hoje em dia, séries são mais valorizadas que novelas, e NA SUA PROPORÇÃO estão até fazendo mais sucesso.

Na minha opinião isso se deve ao fato de que uma série pode e deve contar a história mais rapida. Pra você saber o que ta no fim, você não precisa "ler" 300 páginas, e sim apenas passar para as partes importantes, e acho que é isso que vem chamando a atenção ;D

Eryck Taques disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
jjlle disse...

Não acho que série conta a história mais rápida, pelo contrário. Tem séries que demoram 10 anos!

Claro que tem a situação do episódio que é resolvida em um episódio só (Alias não entra nessa lista) mas a história dos personagens vai se resolvendo a doses homeopáticas...

Guilherme disse...

Passione é ótima. Desde de o primeiro capítulo de Passione eu já me identifiquei com a novela!
Passione merece mais audiência, MUITO mais

LAPS disse...

Eu acho que as novelas vão perder importância. Sou adolescente e não gosto de novelas, prefiro as séries. Todos os adolescentes que eu conheço preferem séries ou animes, mas nenhum gosta de novelas. Ou as novelas se reinventam ou vão perder para as séries.

Guitto disse...

As novelas precisam inovar, mas no tom certo, assim como foi com A Favorita. Não adianta inovar, só pra dizer que inovou e fazer uma porcaria. Passione nao me prendeu, e olha que sempre curti olhar uma trama a noite, no horario nobre. E as ultimas novelas boas que lembro, foram O Clone, Paraiso Tropical, Senhora do destino, Celebridade...e acho que só. Olha, dessas a mais recente é paraiso tropical, e ja faz alguns anos que passou. Quero dizer, os autores nao sabem mais criar algo novo, ou, simplesmente nao entendem como funciona as novas geraçoes.

BLOG DA KELEN disse...

Eu não tenho paciência de assistir a essas novelas cheias de lenga-lenga...CARAS E BOCAS era muito dinâmica, se vc perdesse um capítulo, alguma trama já teria solução e outra surgido em seu lugar.Esse negócio da assistir a 10 capítulos ou a protagonista ser feliz no último capítulo está ultrapassado.

Postar um comentário

Twitter Facebook Adicionar aos Favoritos Mais

 
Tecnologia do Blogger | por João Pedro Ferreira