quarta-feira, 5 de maio de 2010

SBT tem chance de ouro com Gabi, mas não vai aproveitar

Reagi assustado quando soube que Marília Gabriela estava negociando seu retorno para o SBT. Parecia impensável que a essa altura do campeonato, ela pensasse em abandonar a Globo e voltar para a emissora que esteve durante boa parte dos anos 90.

Por que? Simples, porque Gabi estava se consolidando como atriz, um sonho antigo que ela própria disse ter. Fez duas novelas na Rede Globo (Senhora do Destino e Duas Caras) e esteve mais recentemente na série Cinqüentinha e, a cada trabalho, vinha melhorando seu desempenho atuando. É impensável que, num momento tão bom da carreira, ela simplesmente abandone o que construiu na década atual para voltar no tempo e ser entrevistadora nos fins do domingo. Faz sentido?

Em contrapartida, o SBT - em crise, pra variar - conseguiu a contratação de uma excelente profissional. Completa. Sabe entrevistar como poucas no país, sabe apresentar, tem credibilidade e, agora, também sabe atuar. Mas não consigo enxergar Gabi num papel nessas novelas da emissora, principalmente porque a próxima trama será assinada por Íris Abravanel, que insiste em brincar de ser autora.

Com essa aquisição, a emissora precisa pensar em como utilizar Gabi. Programa de entrevistas aos domingos à noite seria suicídio para o SBT e para a carreira dela. A competitividade do domingo a noite atualmente não abre espaço para um programa de entrevistas no formato do De Frente com Gabi, seria atropelado pela concorrência.

Por isso, é hora da direção da emissora largar a preguiça de mão e usar a criatividade. Não há no Brasil sequer sombra dos bem sucedidots Talk-shows nos EUA. Gabi tem o perfil exato para este formato de programa. O SBT tem a chance de criar algo assim para ela, com entrevistas, quadros, mesas-redondas e bom humor, mas não para as madrugadas e sim para o fim da noite, por volta das 23 horas de segunda a sexta. Daria uma excelente audiência, principalmente se houver um roteirista capaz de criar algo assim (alguém como a Rosana Hermann, por exemplo, que continua sendo mal aproveitada na TV brasileira).

Isso é só uma idéia. Uma pobre idéia que certamente nem passará pela cabeça da cúpula do SBT. Gabi deve retornar aos domingos, com uma audiência pífia, sem ter a chance de entrevistar as principais estrelas do país, que estão todas na Globo. E daqui um tempo, estará como Cabrini, Eliana e Justus. Lamentando a decisão.

4 Quebraram tudo:

helio disse...

é uma boa.... Poderia coloca no lugar das series das 21h... seria mais uma alternativa

Anderson Diniz Bernardo disse...

Não acredito que Cabrini, Eliana e Justus estão lamentando a decisão. O texto tá bem tendencioso!

Daivison Tavares disse...

Foi nos últimos tempos a notícia que mais me chamou a atenção.Essa mulher só pode estar louca, com uma carreira dando certo como atriz,em seu terceiro grande trabalho na TV já estava como uma das protagonistas de Cinquentinha e larga essas oportunidades de ouro pra voltar pro Sbt.Se fosse a pouco tempo atrás eu até entenderia,sim,porque parecia que o Sbt tinha tomado jeito,mas neste momento não passa da mesma emissora desorganizada.

Marília Gabriela está com suas faculdades mentais ordenadas?

Breno Almeida disse...

Foi uma surpresa, realmente dos dois lados.Prova que Silvio Santos ainda tem rompantes de bom senso, só que ela deveria ter um programa diário, que qualificasse a audiência do canal e bombasse a programação atualmente tão combalida.Mesmo se for ao ar depois do Programa Silvio Santos dará boa audiência, porque o Silvio tem audiência fiel e crescente no horário, se for a meia-noite, não tem Pânico, não tem Gugu, só o Domingo Maior como grande rival.

Postar um comentário

Twitter Facebook Adicionar aos Favoritos Mais

 
Tecnologia do Blogger | por João Pedro Ferreira