sexta-feira, 7 de maio de 2010

Polícia 24 Horas segue modelo do 911 e agrada

Estreou na quinta-feira mais uma novidade da Band para o seu horário nobre, trata-se do programa Polícia 24 horas. O programa mostra, como se fosse um Reality Show, a forma como a polícia de São Paulo atua nos momentos mais críticos, além de aproveitar a oportunidade e também mostrar estes policiais longe das fardas e do trabalho perigoso, no contato com a família e amigos.

Para uma estréia, o programa mostrou a que veio. Com um excelente ritmo para o formato, ou seja, sem morosidade, mas também sem passar desespero por mostrar violência ao telespectador, a edição certamente foi o grande destaque desta primeira exibição. Já num primeiro momento há identificação do público, o que torna tudo mais fácil para um programa de TV e, a cada nova situação vista, mais quem está diante da televisão fica interessado na história.

Os policiais que aparecem não são atores. As vítimas também não e os bandidos muito menos. Com tantas pessoas que não são acostumadas com uma câmera filmando-as o tempo todo, havia certamente o risco de que as situações acabassem forçadas ou tímidas e falsas, mas não foi o que houve, principalmente porque a produção conseguiu deixar os envolvidos à vontade, de forma que as filmagens não atrapalharam a ação policial, dando um charme muito maior a atração.

Polícia 24 Horas é um programa que se, bem utilizado pela Band, como parece estar sendo, tem tudo para ter uma vida longa na TV brasileira, pois é exatamente o formato que o público brasileiro gosta. Ele lembra bastante o programa americano 911 que foi transmitido no Brasil pelo SBT em meados dos anos 90 com bastante sucesso por aqui. A fórmula agrada e deve trazer muitas alegrias para a emissora.

1 Quebraram tudo:

Jack Bauer "dROp tHe GuN" disse...

Muito bom mesmo.
É algo como aquele filme "ShowTime", só que sem comédio, lógico.
EU achava que programas assim não eram possíveis. Estava enganado.

Postar um comentário

Twitter Facebook Adicionar aos Favoritos Mais

 
Tecnologia do Blogger | por João Pedro Ferreira