domingo, 20 de maio de 2012

A Disputa pela vice-liderança de audiência

A Rede Record vem atravessando, nas últimas semanas, um de seus piores momentos em termos de audiência - e também de faturamento, conforme apurou a mídia nacional - desde sua arrancada rumo ao crescimento, na segunda metade da década passada. Uma crise sem precedentes que vem derrubando drasticamente a audiência da emissora.

O período da tarde e da noite tem sido o terror da emissora da Barra Funda que vem perdendo a vice-liderança para o SBT constantemente nessas duas faixas. Se a Record ainda é vice na média-dia, o é pela audiência sólida conquistada por seus jornalísticos do período da manhã, que mantém a liderança e consegue salvar a média-dia de um desastre completo.

Esta não é a primeira grande crise que ela enfrenta. Ao final de 2009 ocorreu algo semelhante, assim como no fim de 2010 e em meados de 2011, tudo devidamente revertido. Foram alguns momentos de queda abrupta nos números que foram corrigidos com a solidificação da grade e o acerto no horário de alguns programas mais populares.

Mas este, é sem dúvida, o momento mais delicado. Se das outras vezes a queda da Record representava perda de público para a Rede Globo e, portanto, não havia com o que se preocupar no que concerne a vice-liderança, desta vez não é bem assim. O primeiro ponto de preocupação para a cúpula deve ser o SBT. Com alguns acertos importantes, a emissora de Sílvio Santos vem conseguindo crescimento discreto, mas o suficiente para elevar sua média-dia e se aproximar novamente da vice-liderança. A bem da verdade é que o SBT já é vice-líder nas tardes e no principal horário da TV, as noites, falta apenas acertar a grade no período da manhã - especificamente entre as 07h00 e as 09h30.

Mas a preocupação não é apenas com o SBT. A Band vem conseguindo resultados interessantes. Mesmo com um programa que sofre para atingir 1 ponto de audiência em pleno horário nobre - o religioso - a emissora vem conseguindo uma impressionante média e chegou a ficar a 0,6 pontos na média-noite ao concorrer com a Record

Para se ter uma ideia, na primeira metade do mês de Maio, na média acumulada, apenas a Record apresentou queda de audiência. Globo cresceu 3%, SBT cresceu 5% e Band cresceu 7%, com a emissora dos Bispos caindo 3% em relação a abril. Ainda na comparação com o mês anterior, a diferença entre Record e SBT caiu de 1,6 para 0,9, queda de 44%. 

Entre Band, Record e SBT, certamente a primeira vem com a melhor estratégia, com ótimas novidades e mostrando um crescimento sólido. O SBT começa a investir também com o lançamento da novelinha Carrossel, além de fortalecer seu domingo e trabalhar em novos projetos. É possível acreditar que, com estes acertos de Band e SBT haverá boa disputa pela vice-liderança da audiência. Essa seria a primeira disputa de fato na história recente da TV brasileira, pois tudo sempre foi muito claro. Não é mais o caso. Com queda brusca na área financeira, não é tão simples afirmar que a Record conseguirá manter a vice-liderança sem problemas. SBT e Band estão de olho.

3 Quebraram tudo:

Caio - Dicas de Colheita Feliz disse...

A Band merece a vice!
É a melhor das três emissoras citadas.
O SBT vive do mofos e reprises.
A Record não respeita seu telespectador, e tira coisas do ar em 2/3 dias.
Vai Band, você merece!

ALEXIS disse...

PARABENS PELA REPORTAGEM MUITA INTERESSANTE NOTA 10. CONCORDO COM TUDO! A RECORD DEVER FAZER COMO SBT E BAND QUE TROCARAM SEUS DIRETORES E IBOPE SUBIU. O EDIR MARCEDO TEM QUE TRROCA OS DIRETORES E COLOCA PESSOAS QUE SABEM FAZER UM OTIMA PROGRAMAÇAO TIRA OS BISPO QUE NAO SABEM FAZER NADA.

Sérgio Santos disse...

Concordo plenamente, Daniel! Record tinha como meta ultrapassar a Globo em menos de dez anos, mas antes mesmo desse prazo acabar, está perdendo a vice para o SBT e Band.

Postar um comentário

Twitter Facebook Adicionar aos Favoritos Mais

 
Tecnologia do Blogger | por João Pedro Ferreira