segunda-feira, 3 de janeiro de 2011

Esquenta: Mais um acerto de Regina Casé

É impressionante, mas se existe uma pessoa na televisão brasileira que pode se gabar de colecionar acertos em suas produções, trata-se de Regina Casé. Um exemplo de profissional que sabe fazer um programa de qualidade, sem apelação, transmitindo as mais variadas culturas dentro do Brasil e atingindo todas as camadas da sociedade sem ser piegas.

Regina não precisa provar mais nada para ninguém, seu nome e seu currículo já falam por si só e, por conta disso, ela não precisaria se arriscar com um programa nas tardes de domingo, principalmente num horário em que a Rede Globo costuma sofrer com as investidas da concorrência com programas apelativos e de baixa qualidade, como Domingo Legal e Tudo é Possível. Mas ainda assim, ela é movida por desafios e abraçou um projeto totalmente diferente do que já se viu na TV.

Esquenta cheia a laje (como disse um amigo). O programa tem todo o formato "carioquês" de se viver, mas nem por isso soou desinteressante para quem não mora no Rio. Ao contrário, em tempos em que zapear a TV no domingo é pedir para assistir ou baixaria ou monotonia e, pior, tudo muito parecido, só com maquiagem diferente, ter um programa em molde completamente novo, com tinta fresca, sem copiar nada nem ninguem, foi uma ótima pedida.

O programa de estreia já mostrou a que veio, com participantes totalmente interessante, música boa e histórias sensacionais e divertidas. Reunir Preta Gil, Gilberto Gil e Zeca Pagodinho num mesmo palco somente poderia terminar em gargalhadas, principalmente quando a anfitriã é alguém do talento de Regina Casé.

Talento este que foi muito bem visto na excelente entrevista que ela fez com o agora ex-presidente Lula. Foram oito anos mostrando Lula como o homem popular e respeitado no mundo todo por diversos Chefes de Estado, aí, vem Regina Casé e mostra o homem, o boêmio cheio de histórias interessantes e papo agradável.

Esquenta é o típico programa de verão que tem tudo para ser a grande sensação deste início de 2011 e começou bem. Segundo dados prévios, o programa estreou com média de 18 pontos, sete a mais do que a Globo costuma registrar no horário.

4 Quebraram tudo:

Murilo Ferreira disse...

acho que o Raul Gil não estava no programa, e sim Gilberto Gil. Uma pequena correção no texto, não? De resto, muito boa a colocação e o Esquenta veio para mexer com as tardes de domingo e esquentar a tão fria e desinteressante programação dominical.

Nair disse...

Meu Deus, primeiro que ver Tv num domingo ja é algo lamentável, de verão então, só piora o quadro e se tratando de Tv aberta brasileira aí a coisa é fatal!
Eu nao sei o que tanto veem nessa regina casé, não gosto dessa mulher, do que ela faz, do jeito dela e dos programinhas povão dela. Não curto esse negócio popularesco que a globo fica empurrando domingo pro povo que não tem mais nada de bom pra faze na vida ficar assistindo. Da até dó. Eu q nao perco meu tempo com esse tipo de atração. Prezo pelo bom gosto e pela qualidade, que infelizmente passam longe da tv brasileira.

Kur@m@ disse...

Concordo plenamente
O grande trunfo de Regina Casé é saber falar a língua do povo, ter empatia com as classes baixas e aquilo que move o seu mundo...sem ser apelativa. Ela é inteligente o suficiente pra saber que não é preciso mexer com pobreza, mundo cão, miséria, doenças... Todos os pobre já conhecem isso muito bem.
Ela vem e nada contra a maré, mostrando um programa com cara de povão, mas com o lado divertido desse povo. Sem lágrimas, só alegria.
Inteligente também em fugir do obvio, em não perguntar aquilo que todo mundo pergunta.
Parabéns Regina por dar um show na robotizada Ana Hickman, na infantilizada e falsa Eliana, no sem graça Celso Portiolli, no falastrão Faustão e no cafona Gugu. assim que se faz tv no domingo

ronaldo disse...

Regina casé fingiu bem ser popular

Postar um comentário

Twitter Facebook Adicionar aos Favoritos Mais

 
Tecnologia do Blogger | por João Pedro Ferreira