segunda-feira, 20 de setembro de 2010

Audiência SP x Audiência Brasil

O domingo é um dia muito interessante na TV aberta brasileira. Afinal, é praticamente o único dia da semana em que, de fato, há disputa pela audiência de forma acirrada e sem desnível como ocorre durante os outros seis dias em que a Rede Globo domina com tranqüilidade todas as faixas de audiência com sua programação.

Neste último domingo foi possível notar um dado curioso e que deve fazer os fãs, interessados, críticos e funcionários da televisão refletirem sobre uma particularidade que acontece. SBT e Record travaram uma interessante batalha na busca pelo segundo lugar de audiência durante todo o dia de ontem, sempre na cola da Globo e tentando beslicar minutos de liderança.

O que se viu durante o dia foram os programas das duas emissoras tentando a todo custo ficar como vice-líderes na preferência do público. E se pôde notar um gosto diferenciado do brasileiro. Exceção feita ao Domingo Legal que foi vice nas três Praças com Real Time (São Paulo, Rio de Janeiro e Belo Horizonte, Porto Alegre também conta com Real Time, mas não houve divulgação dos dados) e o Tudo é Possível que ficou em 3º lugar nas Praças, toda a programação do SBT e da Record revezaram-se na vice-liderança. 

O programa Eliana foi vice nas três Praças, porém, em São Paulo fechou em empate na disputa de uma hora que travou com o Tudo é Possível, em compensação, no Rio de Janeiro e em Belo Horizonte obteve vitória fácil. Para se notar a discrepância, a média do programa em São Paulo foi de 10,2 pontos contra 9,2 da Record, no Rio de Janeiro a vitória foi fácil por 13,2 a 10,4 e em Belo Horizonte diferença ainda maior, SBT 10,4 e Record 5,8.

O mesmo exemplo serve para o Programa do Gugu e Domingo Espetacular que conquistaram a vice-liderança para a Record em São Paulo, porém foram derrotados com margem considerável nas outras duas Capitais. O Programa Sílvio Santos, derrotado com larga vantagem em São Paulo, conquistou a vice-liderança tranquila em BH e no Rio.

Para finalizar o raciocínio, um bom exemplo, é a Média-Dia de domingo, em que a Record ficou com a vice-liderança em São Paulo, mas perdeu para o SBT no Rio e em Belo Horizonte. Mais do que isso, se somarmos as 03 Praças e fizermos a média o resultado seria curioso: Globo 15,0  SBT 8,8  Record 7,6. Com isso, fica a pergunta: é mais importante vencer em São Paulo ou no resto do país?

É evidente que São Paulo é a principal Praça de medição de audiência do país por diversos motivos e, principalmente, porque todo o Mercado Publicitário se concentra ali e também é preciso lembrar que existem outras Capitais no país em que não há medição de audiência em Tempo Real e os resultados somente aparecem dias depois e poderia modificar este panorama. Ainda assim, o que se viu a princípio, é que, exceção feita a São Paulo, o público brasileiro parece preferir o SBT aos domingos. Como se pode notar pelas médias dos três programas dominicais da emissora, com destaque para Eliana que chegou a abrir 12 pontos de vantagem para o Gugu em Belo Horizonte e 8 pontos no Rio.

E você, acha que é mais importante conquistar a vice-liderança em São Paulo, principal Praça de audiência, ou vencer na média das três Praças?

4 Quebraram tudo:

wagnermendes disse...

O ideal seria vencer em todo o país, mas em São Paulo é muito importante, como você mesmo disse, por vários motivos. Os números mais focados são nas três praças: SP, RJ e BH. Mas aqui em Fortaleza, por exemplo, há uma população de 2 milhões e 600 mil habitantes, é a quarta capital do país e que eu não vejo Real Time. O Nordeste também tem sua grande parcela na participação do público televisivo desse país e que não é divulgado por convenções que aqui não vem ao caso. Bem, o importante mesmo é a emoção nos números na guerra pela audiência entre as emissoras.

Huguemberg disse...

A record fala que o habito do brasileiro ta mudando isso não é verdade pois não são todos os brasileiros que preferem assisti-la, a força do sbt ta fora de São Paulo no resto do Brasil. É importante vencer em São paulo? É mais deve se ter um equilibrio nas outras localidades, se não como que ser a maior do Brasil? Brasil não se resumi a São Paulo são mais de 20 estados ...

Yuri Silva disse...

o iela é vencer no brasil todo, mas SP é muuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuito mais importante do que as outras

Redação disse...

De imediato, o principal é ter a vantagem em SP. Depois de divulgados, o correto seria usar os dados do PNT.

Isso de somar 2 ou 3 praças pode se fazer de acordo com a conveniência da emissora. A Record pode somar Brasília, Belém e Fortaleza enquanto o SBT pode somar Salvador, Florianópolis e Belo Horizonte.

Em resumo, ou um número ou todos.

Postar um comentário

Twitter Facebook Adicionar aos Favoritos Mais

 
Tecnologia do Blogger | por João Pedro Ferreira