terça-feira, 8 de junho de 2010

A instabilidade da Record

Que atualmente a Record é a segunda maior emissora do país não resta a menor dúvidas. Após um período conturbado no final de 2009 e princípio de 2010 em que a emissora passou a ser incomodada pelo SBT, ajustes na grade melhoraram a audiência e fizeram com que ficasse novamente com um segundo lugar cômodo e sem aparente disputa.

Nas últimas semanas um fato curioso passou a chamar a atenção de quem acompanha a audiência. A Rede Globo, enfraquecida com a péssima audiência de sua nova novela das 8, começou a ter perda significativa na média-dia e a Record em contrapartida voltou a apresentar os excelentes números de meados de 2007 e 2008, chegando a média-dia de 09 pontos. Ao que indicava, uma crise correria nos corredores do PROJAC enquanto festa seria feita pela cúpula da concorrência. O rumo da liderança parecia novamente ajustado para a Record.

Porém, acabou o principal produto da emissora. E com isso, toda a grade foi prejudicada. Ao chegar ao fim, Bela a Feia fez diversas vítimas. A primeira foi a substituta Ribeirão do Tempo que, de média 12 caiu abruptamente para 8 pontos. Como se não bastasse esses incômodos 04 pontos a menos, a novela global, Passione, começa a apresentar melhoras. Nesta segunda-feira, a trama de Sílvio de Abreu já conseguiu melhorar os péssimos números de semana passada (ainda está muito abaixo do ideal) e conseguiu picos bem mais altos. Para a Globo isso não é o importante, pois a trama não está dentro dos padrões de audiência, porém, significa algo muito válido na briga. Com o crescimento de Passione, outro produto que vinha dando grandes resultados voltou a cair, CSI despencou de 13 para 10 e não conseguiu picos acima de 12 (semana passada o pico chegou a 16).

Isso mostra que o crescimento na Record quase nunca é fruto de seu próprio trabalho, mas de rejeição do público com algum produto específico da Globo. Este cenário deixa claro que é na Record que o público busca alternativas quando não está satisfeita com a líder, porém também mostra que a emissora da Barra Funda não possui a menor condição de brigar contra a Globo pela liderança, pois é da Globo que o público realmente gosta.

7 Quebraram tudo:

''Diogo 4ndr4d3'' disse...

Record éér um lixoooo

Ary disse...

Discordo em muitas partes dessa análise(?) como sempre e pra NÃO variar,hehe.

Primeiro,é evidente que a Record realmente caiu após o fim da novela Bela,a feia. E isso era absolutamente previsível. No momento a Record tem nas mãos um abacaxi pra descascar,que é fazer Ribeirão do Tempo engrenar. Isso é um fato.

Posto o fato acima,uma coisa é a Record estar mal,outra muito diferente é o caro jornalista aludir e fazer menções desonrosas a Record afirmando que quando vai bem isso não é fruto do seu trabalho. Análise totalmente tosca,sem bases em fatos,pra não dizer raivosa a uma emissora de televisão que chegou em pouco tempo aonde a Record chegou.

Primeiro,como pode vc afirmar que a audiência da Record não é fruto do seu trabalho quando temos no Brasil 5 emissoras de tv aberta disputando audiência??? Ainda que verdade fosse que o público da Record,como um todo, é o público que está descontente com a Globo(isso é uma grande mentira,pois a Record tem o seu teto de público fiel),há evidentemente um percentual de público migratório,e isso existe em ambas as partes.

Ora,se há rejeição do público a um produto específico da Globo, na Record ocorre o mesmo fenômeno,conforme se viu o esvaziamento quando no término da novela Bela,a feia. Se for seguir seu raciocínio,podemos dizer então que o público da Record só migrou na Globo porque não havia na Record um produto atraente???

Vc próprio,no seu texto,cai em contradição,ao afirmar,em entrelinhas, que o produto da Globo não é atraente o suficiente e só demonstrou reação porque esse público não encontrou na Record algo que o satisfazesse suficientemente.

Pois bem. Ainda acho nesse momento uma análise prematura dizer que a Globo melhorou porque a Record piorou. Bela,a feia,acabou na quarta-feira,e na quinta-feira a Record sofreu queda no ibope. A Record sofreu queda,e nem por isso a Globo melhorou. Marcou ontem 33 pontos,deu uma pequena melhorada. Não assisti a novela,mas é mais crível acreditar que isso ocorreu por algum acontecimento específico dentro da trama do que necessariamente pela queda da Record.

Ainda é cedo,e vamos ver hoje como vai ser. É esperar pra ver.

Guilherme disse...

Record vive de migalhas da Globo!

Paulo Pacheco disse...

Não tinha observado essa parte da estratégia, se a direção do SBT viu isso também. Estrear "Ana Raio e Zé Trovão" após o fim de "Bela, a Feia". A chance de o público "não trocar o certo pelo duvidoso" (uma novela consagrada por uma nova) é considerável. Nesse sentido, ponto para o SBT.

TVxTV disse...

Peço desculpas a todos e, principalmente ao Ary (que reclamou :D) pela demora em aceitar os comentários, hoje está sendo um dia corrido e difícil, longe do pc.

:D

Marcos Tony disse...

Sem falar no péssimo ibope do "maior Aprendiz de todos os tempos". Li por aí que na última quinta ele perdeu (feio) para o jurássico "A Praça é Nossa": 9 a 5. Isto, para a Record, é uma vergonha e tanto.
Por mais que se fale no baixo ibope de "Passione", tanto a Globo quanto seu autor não devem perder um minuto de sono sequer. Ontem, enquanto a novela da Globo marcou 33 pontos de média, o concorrente mais forte no horário (CSI, na Record) marcava 11 pontos, ou seja, a Globo, mesmo quando não vai bem, tem seu principal produto marcando o triplo da audiência de sua maior concorrente.
O panorama é muito confortável para a Globo e ela ainda pode ser dar ao luxo de errar e, mesmo assim, manter uma confortável liderança, o que não ocorre com a Record em relação ao SBT.

Gabriel Borba disse...

Pessoal
Primeiro quero dar os parabéns pela discussão mais civilizada entre o Daniel (TVxTV) e o Ary, sem as acusações de algum tempo atrás.
Sobre o assunto em si concordo com o Ary que ainda é cedo para fazer análises concretas.
O que ocorre, sob o meu ponto de vista, é algo natural: sempre que acaba uma novela e começa outra há um "vácuo". E aí cabe uma explicação: Ribeirão do Tempo começou antes de Bela A Feia terminar, mas hoje ocupa o mesmo horário da novela que acabou. Sendo assim acho que temos que dar mais umas duas semanas para ver no que dá.
Da mesma forma, acho que CSI terá uma subida, uma vez que agora estão passando os episódios "mais novos" e que anteriormente passavam muito tarde. Muita gente, como eu, está assistindo agora o que não conseguiu antes, no horário de boate da Record.
O SBT é carta fora do baralho nesta disputa, salvo se virem mudanças significativas.
Um abraço.

Postar um comentário

Twitter Facebook Adicionar aos Favoritos Mais

 
Tecnologia do Blogger | por João Pedro Ferreira