quinta-feira, 10 de junho de 2010

E acabou o pior Aprendiz de todos os Tempos

O título obviamente é uma paródia ao slogan de divulgação de O Aprendiz Universitário em 2010, quando a Record fez questão de dizer aos quatro ventos que seria "o melhor Aprendiz de todos os tempos". Evidente que não foi um castigo a prepotência, afinal prepotência com propriedade até que é bem aceita, porém, não foi o caso.

Desde a estreia desta edição de O Aprendiz o que se viu foi uma sucessão de equívocos constrangedores por parte de todos os envolvidos na produção do programa que um dia - em algum ano muito distante - já foi o mais comentado na TV brasileira. A começar pela infeliz escolha para o substituto de Roberto Justus que a Record tirou da cartola sem a menor cerimônia. Ao público foi vendido que João Dória era a melhor e mais sensata escolha por tudo que ele representava, a típica venda de gato por lebre. O apresentador foi durante toda a edição fraco, incapaz de comandar com o menor senso de autoridade e voz de liderança um Reality Show em que o ponto principal se dá justamente no apresentador.

Dória não sabia conduzir o momento que sempre foi o ápice do programa em outras edições. A sala de reunião deixou de ser o momento mais aguardado pelo público em virtude da adrenalina e das tiradas geniais do ex-apresentador e passou a ser aguardada pela sessão de humor negro, claro, sempre zombando do apresentador atual.

Mas Dória não foi todo o problema de O Aprendiz. A produção se enfraqueceu bastante e, isso não há como saber se havia o dedo de Justus nos anteriores ou não. Mas principalmente na escolha das provas já se notava que o Reality não era o que já foi um dia. Participantes fracos sempre foram a marca de O Aprendiz - exceção feita a 1ª edição - mas em 2010 isso foi superado de longe por concorrentes que pareciam sair da sala de Reforço da 5ª série.

Cortes e closes equivocados marcaram todos os programas mostrando uma direção absolutamente perdida diante de tantos problemas. E com tantos problemas o resultado não poderia ser outro. O Aprendiz 2010 teve sua pior audiência da história e a final obteve 08 pontos de média, 06 pontos abaixo da marca de 14 pontos obtidos no ano anterior.

Não há justificativa para este fracasso. A Record fez questão de dizer que o programa continuava com o mesmo formato vencedor e que a mudança de apresentador não representaria em queda de qualidade ou de prestígio. O que se viu foi justamente o oposto. Um Reality Show muito ruim com uma audiência pífia para uma emissora que pretendia brigar pela liderança. João Dória pegou um programa pronto, consolidado e vencedor e o transformou no pior Aprendiz de todos os tempos.

5 Quebraram tudo:

KG disse...

JÁ ACABOU???

Elijonas Maya disse...

Esse foi o melhor Aprendiz sim com certeza!
principalmente porque o boneco de cera (Justus) não foi o apresentador.

Nair disse...

Prefiro muito mais o João Dória. Um apresentador deste tipo de programa não precisa ser necessariamente um carrasco. Acontece que o sr. Roberto Justus é um homem prepotente e muito arrogante. Já tive a infelicidade de participar de um evento sobre "Turismo no Brasil e sua divulgação", a alguns anos, da qual Justus era um dos palestrantes. Nariz empinado define este sr.
Tudo que ele se mete a fazer eu fico distante. Para mim Roberto Justus é uma enorme decepção.
O Aprendiz só ganhou em qualidade de apresentação na minha opinião. Apesar da direção perdida e das más edições de cada programa. O Dória é mais humano e sabe o que é humildade, coisa que o sr. Justus não aprendeu na vida. As pessoas não souberam dar valor ao apresentador deste aprendiz, infelizmente, pois gostam de ver os outros em situações degradantes, desde que não seja com elas.
Eu ficava constrangida ao ver a falta de educação do Justus para com os outros. Ainda bem que este sr. foi para outra emissora.
O Dória, para mim, conduziu a final do aprendiz com maestria e humanidade. Só assisti na íntegra este Aprendiz" devido a saída do antigo apresentador, e torço para que este senhor pare de enganar o telespectador brasileiro se dizendo apresentador e saia logo da televisão.
Ainda bem que temos opção, porque para Roberto Justus, a minha audiência eu não dou!

Daivison Tavares disse...

Eu discordo com o post.No começo o programa estva sim do jeito que voce discreveu no texto,mas com o passar do tempo ele se acertou,até o Dória mostrou liderança em certas salas de reunião,coisa que no início ele não tinha.O único ponto que eu concordo é quando se fala em edição,é verdade que ela pecava em alguns pontos,mas não fez o fracasso do programa.O que fez O Aprendiz perder a audiência foi a preconceito do público pela mudança de apresentador que ao menos chegou a assistir a estréia.Já sabemos e não é de hoje que o público brasileiro não gosta de mudanças e muitas vezes rejeita o novo.Portanto eu não acho que foi o pior Aprendiz de todos os tempos

zarlon disse...

acho o João Dória um excelente profissional,ao contrário do Justos que gosta de subjulgar as pessoas,ele é o tipo de chefe que impõe a autoridade através do poder, e autoridade se conquista não se impõe, ele é uma pessoa super prepotente acha que é dono da verdade sempre, é muito fácil se fazer respeitar pelo poder, difícil é conquistar esse respeito e isso ele não sabe fazer.

Postar um comentário

Twitter Facebook Adicionar aos Favoritos Mais

 
Tecnologia do Blogger | por João Pedro Ferreira