segunda-feira, 19 de outubro de 2009

Isso é fazer Televisão


A cena protagonizada neste último domingo (18) pelas emissoras de TV aberta no Brasil é algo que precisa ser encarado como histórico, principalmente num país em que todos - seja telespectador ou até mesmo as emissoras - estão acostumados com o reinado absoluto da Rede Globo com uma programação rica, diversificada e com anos luz de vantagem em relação às suas concorrentes.

Há duas semanas, o SBT começou a divulgar para o domingo o tão aguardado encontro entre o principal comunicador da história do país, Sílvio Santos, e um dos principais jogadores brasileiros de futebol, Ronaldo Nazário. Muito se especulou sobre isso, alguns pequenos vídeos desse encontro foram lançados na internet para causar curiosidade e instigar o público e o resultado foi que dias antes não se falava em outra coisa.

A Record não deixou barato. O "Programa do Gugu" decidiu investir pesado e entregar uma casa ao vivo. Pode-se dizer que este tipo de assistencialismo deveria ser combatido, uma vez que é exploração da tragédia alheia na busca pela audiência, é verdade. Mas este é o formato do programa e é disso que o público aparentemente gosta. Gugu anunciou a entrega da casa ao vivo. E mais: viajou de helicóptero até chegar ao local da entrega, uma inovação para prender a audiência.

Enquanto isso, o "Pânico na TV" continuava com suas cartadas, no mesmo estilo de humor ácido e debochado. Às vezes exagerado e ofensivo, mas que chama a atenção do público e causa muitas gargalhadas. No melhor momento do programa desde que estreou, era evidente que estaria nessa briga pela audiência.

E também temos a Globo, que reina absoluta diariamente - menos no domingo, quando a briga é ferrenha. Curiosamente neste a Globo não foi pressionada praticamente em nenhum momento durante a programação. O SBT conquistou a liderança por poucos minutos no horário do almoço, mas fora isso, toda a grade da Globo foi favorecida pela transmissão da Fórmula 1.

Mas aí chegou a noite, começou o "Programa Sílvio Santos" e o "Programa do Gugu". Enquanto o "Pânico" não entrou no ar e a Globo estava com o "Fantástico", o que se viu foi SBT e Record brigando pela vice, como há muito não se via. Sílvio Santos levou a melhor na 1ª hora de exibição, por poucos décimos. Então começou o "Pânico" e a audiência se dividiu mais ainda. Em poucos minutos, a atração da Rede TV! já era vice-líder, mas sempre SBT e Record revezam também na vice-liderança e, em determinado momento os três estavam com 11 pontos de audiência.

E Sílvio Santos seguida divulgando que Ronaldo estaria no ar, e Gugu voava de helicóptero na casa que nunca chegava. Então, com o fim do "Fantástico" começou o excelente programa Norma, mas que não dá audiência para a Rede Globo e aconteceu o que seria impensável.

Record, SBT e Rede TV! brigando pela liderança, com a Globo no 4º lugar. Quando Ronaldo entrou no ar e Gugu começou a entregar a casa, ambos começaram uma briga ferrenha pela liderança, pois logo o "Pânico" acabou e a Rede TV saiu da disputa. O "Programa Sílvio Santos" conquistou pico de mais de 17 pontos assim como o "Programa do Gugu".

Isso é fazer televisão. Fazer televisão não é se acomodar com o número de audiência costumeiro, não é oferecer sempre a mesma coisa para o telespectador. Mas é se planejar e oferecer novidades, para que o público decida qual é melhor para assistir. Pena que esta disputa seja apenas nas noites de domingo.

3 Quebraram tudo:

Paulo Roberto Montanaro disse...

Acho tudo isso bem saudável mesmo. Pela disputa de audiência. Mas é triste ver que a briga ficou entre um programa que se constrói ridicularizando as pessoas, como o caso do Pânico, um que faz uma espetacularização do assistencialismo, como é o caso do Gugu e o outro que se sustenta em uma personalidade que não tem nada pra falar, e sim é alguém que só é famoso porque é bom jogando futebol e calado. E o único programa dominical da Globo que realmente pode-se dizer que é bom, Norma, é quem sai perdendo. É triste ver o que o público brasileiro quer...

Há braços
Paulo

Anônimo disse...

Querem saber o que é saudável mesmo?? A prática de um bom esporte na manhã de domingo, um almoço em família e à tarde, ler um bom livro e dar uma boa cochilada se preparando para a maratona que começará no dia seguinte!!

Anônimo disse...

PSS é horrível, mas o Pânico e o Gugu são piores.

Bom, agora não tem mais Fantástico, porque virou uma bagunça aquele programa.

Só me resta procurar um filme domingo a noite, que eu gosto muito.

Postar um comentário

Twitter Facebook Adicionar aos Favoritos Mais

 
Tecnologia do Blogger | por João Pedro Ferreira