domingo, 4 de outubro de 2009

As Melhores Atrizes Brasileiras de Todos os Tempos

Continuando com nossa saga infindável com a Lista de Melhores e Piores, chegou a vez de elegermos as 10 Melhores Atrizes Brasileiras de Todos os Tempos, segundo a opinião de 10 pessoas. Foi uma votação interessante porque apareceram alguns nomes inesperados, mas a lista, como um todo, até que ficou de uma certa forma, bem justa. Confira:

10 - Patrícia Pilar - 1964



Uma boa atriz precisa fazer bons papéis, mas uma ótima atriz, transforma qualquer papel numa boa interpretação. Essa definição que é até clichê no mundo da dramaturgia se encaixa perfeitamente a Patrícia Pilar.
Uma atriz que nunca, ou quase nunca, ficou marcada no imaginário popular, principalmente porque nunca foi de aceitar papéis muito grandes ou papéis absolutamente complexos e que chamassem a atenção do público, ainda assim, toda vez que ela dá vida a um personagem, este personagem, literalmente, rouba a cena.
Ela estreou na TV numa das principais novelas da história, Roque Santeiro, e ali já teve o olhar da crítica para sua atuação firme, mesmo num papel pequeno. Em 1986 o Brasil pôde definitivamente saber que ali estava um talento, na primeira versão de Sinhá Moça, Pilar deu vida a Ana do Véu e conquistou o coração dos fãs.
Ela continuou fazendo novelas e sua primeira chance como protagonista foi na novela Salomé, que não fez grande sucesso junto ao público, mas sua interpretação sempre foi elogiada.
Em Renascer e Pátria Minha, Patrícia Pilar tomou conta da novela em boa parte da trama, dando interpretação viva e forte mostrando que teria muito sucesso pela frente. Em 1996, a atriz fez o Brasil parar emocionado com sua atuação em O Rei do Gado, quando deu vida a Luana (Marieta Berdinazzi), sendo até então considerado este seu principal papel.
Depois disso a atriz deixou de lado a vida de protagonista e encarnou dois personagens menores, mas que invariavelmente roubaram a cena, em Cabocla foi Emerenciana e arrancou muitas gargalhadas do público com seus trejeitos e na segunda versão de Sinhá Moça foi Cândida Ferreira, emocionando a todos com uma interpretação perfeita.
Mas seria em 2008 que Patrícia Pilar entraria para a história da TV com uma das principais atuações, senão a principal, em todas as novelas. Flora Pereira da Silva, a vilã sórdida de A Favorita fez muitos telespectadores sentirem medo dela, com uma atuação impecável, Patrícia Pilar espantou o Brasil com sua capacidade de criação e levou todos os prêmios possíveis de melhor atriz.
Com tantos trabalhos excepcionais, Patrícia Pilar não poderia ficar de fora duma lista como essa e no blog ela abre a lista de melhores atrizes brasileiras, ocupando a 10ª colocação.

9 Cláudia Abreu - 1970



Uma pessoa que sempre quis atriz, que brincava com o irmão quando era criança e ela, invariavelmente, queria ser atriz na brincadeira. Essa é a história de vida de Cláudia Abreu, a atriz que conquistou seu espaço na TV com atuações excelentes.
Comparada a outras atrizes dessa lista, Cláudia é a que deve ter menos trabalhos televisivos, até por ser mais nova que a maioria, mas em todos os trabalhos esteve impecável e recebeu todos os tipos de elogios possíveis vindos da crítica que já a consideravam uma estrela global muito antes de seu principal papel na TV.
A atriz estreou na TV em Hipertensão no ano de 1986 após ser vista no teatro e, a partir dali, nunca mais parou. Em 1989 esteve em Que Rei Sou Eu, uma das novelas de maior sucesso do horário na Globo e explodiu com sua personagem Princesa Juliette conquistando a simpatia de todos.
Em 1990 seu primeiro papel de destaque, em Barriga de Aluguel, Cláudia foi Clara e emocionou o público com sua história conturbada, confusa e muito triste. Muito do sucesso da novela se deve a interpretação da atriz.
A partir de então, Cláudia Abreu estava sempre na TV, senão em novelas, estava fazendo participações especiais em séries da Globo, mas nunca passava dois anos inteiros fora da tela.
Em 1999 realizou um sonho, interpretar uma escrava branca, no bom estilo A Escrava Isaura, novela que viu na infância. Em Força de um Desejo ela foi Olívia e começou num pequeno papel, mas roubou a cena e tomou a novela para si com a melhor interpretação da obra.
Depois da novela, voltou a fazer participações especiais em séries globais por alguns anos esperando um novo convite para novelas.
E ele veio, o melhor deles, aliás. Laura Prudente da Costa foi vivida por Cláudia Abreu em Celebridade e parou o Brasil pela sua interpretação. A primeira vilã da carreira da atriz mostrou que ela era capaz de criar uma personagem complexa e bem humorada. Novamente a atriz roubou a cena e foi dona da novela, deixando de lado os protagonista e os outros vilões da trama.
Em seguida, Cláudia Abreu estava novamente num papel difícil, interpretar a sofrida Vitória em Belíssima. Arrancando qualquer vestígio de Laura, a atriz foi brilhante e logo fez o público esquecer-se da vilã pérfida e torcer pela sua mocinha.
Sua primeira protagonista de horário nobre viria em Paraíso Tropical, quando a atriz interpretaria as gêmeas Paula e Taís, mas por engravidar pouco antes da novela começar, Claúdia Abreu teve de abrir mão do papel. Ela voltou a TV em 2008 interpretando Dora, em Três Irmãs, novela que não funcionou e não agradou o público.
Com excelentes trabalhos, sempre conquistando o público, Cláudia Abreu é considerada a melhor atriz de sua geração e aparece em 9º lugar na nossa lista.

8 - Tereza Raquel - 1935



Uma atriz que nunca teve grande oportunidades na TV e, quando as teve, agarrou completamente e mostrou que é uma das melhores atrizes que o Brasil já viu. Assim define um diretor a Tereza Raquel.
Ela é da geração que começou a atuar antes mesmo de existir televisão no Brasil, vem das rádio-novelas e também do teatro no início da década de 50 e sempre com muita fama e respeito por parte de todos.
Começou na TV em 1958 na novela O Jovem Dr. Ricardo, com uma ponta que chamou a atenção da direção. Em 1966, num papel maior, conquistou o público interpretando Francis, na novela A Pequena Karen.
A década de 70 foi muito boa para a atriz que recebeu elogios e prêmios por estar em várias novelas como Jerônimo, o Herói do Sertão, O Grito e O Astro. A década de 80 novamente mostrou Tereza Raquel roubando a cena nas novelas Baila Comigo e na primeira versão de Paraíso, quando interpretou Aurora e fez muito sucesso junto ao público.
Em Que Rei Sou Eu foi a Rainha Valentine e soube causar momentos de muita gargalhada do público, dando o tom correto a sua personagem sem cair no clichê, fato que foi muito elogiado por todos.
Mas seria em 1995 o grande papel da carreira da atriz. Na novela A Próxima Vítima ela foi Francesca Ferreto, numa novela perfeita do começo ao fim, com um elenco afiado, era difícil alguém se destacar, pois Tereza Raquel conseguiu, chamando a atenção de todos e vencendo prêmios.
Ela ainda esteve na novela Era uma Vez, interpretando Berta, mas depois disso apenas pequenas aparições nos programas globais, sem nunca mais ter um personagem só seu numa novela, o que causa lamento na crítica e nos fãs.
Mesmo assim, o blog não poderia esquecer-se de uma atriz tão vitoriosa e por isso ela foi eleita a 8ª melhor atriz brasileira de todos os tempos.

7 - Glória Menezes - 1934



Uma mulher que já é considerada uma das melhores atrizes do Brasil mesmo antes da TV existir, isso por si só é algo a se pensar. Essa carreira vitoriosa é de Glória Menezes.
Segundo ela mesma, sempre quis ser qualquer coisa, menos atriz e a carreira aconteceu por acaso, mas foi paixão a primeira vista, por isso nunca pensou em mudar de profissão, mesmo com tantas mudanças na TV e cinema nacionais.
Ela começou na TV em 1963 na novela 2-5499 Ocupado, interpretando Emily e já fazendo sucesso com seu jeito simples de atuar que chamava a atenção por não ter exageros.
A partir daí a carreira de Glória deslanchou na TV e ela não parou mais. Apenas na década de 60 foram dez novelas, número recorde na época, as principais foram: Pedra Redonda, A Deusa Vencida, Sangue e Areia e Rosa Rebelde. Em todas a atriz teve destaque e foi muito elogiada.
Em 1970 seu primeiro gigantesco trabalho, na novela Irmãos Coragem, a atriz roubou a cena interpretando três personagens Maria de Lara, Diana e Márcia e conquistou público, crítica e colegas.
Ela não parou, continuava a fazer muitas novelas mesmo já sendo uma estrela na TV. Foram Cavalo de Aço, O Semideus, Espelho Mágico até chegar em outro retumbante sucesso, Pai Herói.
Glória Menezes é considerada uma das atrizes que mais trabalhou em novelas, esteve ainda em Guerra dos Sexos, Brega e Chique e também na excepcional A Rainha da Sucata, divertindo o público com sua personagem.
A atriz diminuiu o ritmo na década de 90 e passou a escolher melhor seus trabalhos. Fez A Próxima Vítima, Deus nos Acuda, todas novelas de grande repercussão e com personagens ótimos.
Em Senhora do Destino teve grande destaque como a Baronesa e emocinou o público com sua história, mostrando que não importa a idade, uma grande atriz é sempre uma grande atriz.
Seu último trabalho foi em 2008 na novela A Favorita, quando interpretou brilhantemente Irene e chamou a atenção por sua vitalidade, pois era uma das personagens principais da trama.
Glória Menezes já recebeu inúmeros prêmios por atuação e por isso figura na lista de melhores sempre. Aqui, ela fica com o 7º lugar.

6 - Marília Pêra - 1943



Dona de um dos maiores talentos da arte brasileira, seja no teatro, no cinema, na TV ou na música, e também dona de um dos maiores egos do país, essa é Marília Pêra.
Atriz que sempre trabalha em grandes papéis, sempre envolvida em polêmicas por não aceitar papéis menores por se considerar uma das maiores atrizes do país - e realmente é - está na TV desde sempre, praticamente.
Estreou em 1965 em Rosinha do Sobrado, arrancando suspiros dos marmanjos da época por sua beleza impressionante, mas chamando a atenção de todos por seu talento que parecia não ter fim.
Desde então está sempre na TV e, ainda na década de 60 esteve na novela que revolucionou o jeito de se fazer teledramaturgia e se diz honrada por fazer parte daquela equipe, estando num dos papéis principais de Beto Rockfeller.
Na década de 70 somente fez grandes papéis como em Uma Rosa com Amor, quando interpretou Serafina ou em Supermanuela ao dar nome a protagonista e receber todos os elogios possíveis.
Nos anos 80, seu sucesso na TV foi em Brega e Chique e em Top Model, ambas ela esteve muito bem e até recebeu prêmios por isso, sendo elogiada sempre. A partir daí, a atriz decidiu se dedicar a carreira no teatro e fez pequenas aparições em séries da Globo ou em minisséries de curtíssima duração, fato que ela mesmo preferia, segundo ela.
Em 2004 Marília voltou às novelas em Começar de Novo como a Vó Doidona, mas a novela foi um fracasso completo. Ela esteve novamente na TV em 2006, na novela Cobras e Lagartos e sua personagem Milu, roubou a cena com uma das interpretações mais divertidas do horário.
Sua última participação em novelas foi em 2007 na novela Duas Caras, quando interpretou Gioconda e tomou conta da novela, mostrando que é sim uma grande atriz.
Por tudo isso Marília Pêra sempre é lembrada como uma das principais atrizes do Brasil e no blog ficou com o 6º lugar.

5 - Glória Pires - 1963



Todas as profissões existem os especialistas, isso é um fato inegável. E na interpretação não poderia ser diferente, afinal é uma profissão. E a especialista em TV e novelas é Glória Pires, a principal atriz de novelas do Brasil, considerada por todos.
Uma atriz que é impossível escolher qual seu melhor papel e qual sua melhor atuação já mostra que é uma vencedora, Glória Pires vai além, praticamente todos os seus papéis são excelentes.
Ela começou em 1968 em A Muralha e lá arrancou elogios e nunca mais parou de fazer TV. Novamente em 1968 ganhou destaque, com 05 anos de idade na novela A Pequena Órfã ao interpretar Glorinha e chocar a todos com sua capacidade de interpretar.
Depois disso fez algumas séries na Globo até ser convidada para uma nova novela e de novo roubar a cena. Em Selva de Pedra, foi Fatinha e encantou a todos com sua forma de interpretar.
Esteve ainda em Duas Vidas e Dancin' Days, sempre muito elogiada, mas sua primeira grande chance foi em Cabocla, quando foi a protagonista Zuca e chamou a responsabilidade para si, deu conta do recado, ao contrário do que muitos achavam, e virou uma estrela na TV.
Glória Pires virou figurinha fácil nas novelas da Globo, esteve em As Três Maria, Água Viva e Louco Amor, além de muitas outras. Até ter sua primeira interpretação considerada fora de série. Em Vale Tudo, ela foi Maria de Lourdes. Uma aprendiz de vilã que chocou o Brasil com suas atitudes, mas chocou a crítica com sua interpretação firme e que nunca caiu no clichê das vilanias.
Ela ainda fez Mico Preto e O Dono do Mundo, ambas novelas não tiveram a repercussão desejada, mas na segunda versão de Mulheres de Areia, Glória Pires chocaria o Brasil novamente com sua interpretação das gêmeas Ruth e Raquel. Mais do que interpretar as gêmeas, Glória Pires fez o impensável, interpretou 04 personagens, deixando o público completamente confuso, como ela queria. Ela fez Ruth, Raquel e Ruth imitando Raquel e Raquel imitando Ruth.
Depois dessa obra prima, ela ainda esteve de forma seguida em três trabalhos com interpretações incríveis: Memorial de Maria Moura, O Rei do Gado e Anjo Mau, nesta última mostrou uma capacidade de mudança impressionante.
Aí, ela esteve em seu primeiro fiasco. Suave Veneno não agradou nem público, nem crítica e nem Glória que afirma sem medo que este foi seu maior erro na TV.
Em Belíssima ela interpretou Júlia, protagonista mais complexa da TV, por simplesmente não ter nada de protagonista. E como ela soube fazer isso muito bem, roubando a cena em muitas oportunidades. Depois ela esteve em Paraíso Tropical, seu último trabalho na TV.
A expectativa de todos é que Glória Pires volte em 2011 na novela de Gilberto Braga, novamente como vilã. Por tantos papéis brilhantes, Glória Pires é, para nós, a 5ª melhor atriz brasileira de todos os tempos.

4 - Irene Ravache - 1944



A atriz precisa saber escolher os personagens, não adianta aparecer toda hora na TV se não for para poder emocionar os telespectadores. Assim define a sua carreira Irene Ravache, que sempre prezou pelos bons personagens e sempre soube dar vida a eles com maestria.
A atriz é da geração que entrou na TV na década de 60 e ali, em meio a tantos talentos do teatro e cinema, garimpou um lugar para si na televisão e nas telenovelas, que ainda era um produto novo e nunca mais saiu.
Irene estreou em Paixão de Outono e chamou a atenção por sua firmeza na forma de olhar para a câmera e também em sua capacidade de mutação. Por causa disso continuou fazendo novelas em todos os anos seguintes, estando em Eu Compro Esta Mulher, O Grande Segredo e Sublime Amor, até estrelar Beto Rockfeller e fazer retumbante sucesso com sua personagem Neide, vencendo inclusive prêmios.
Na década de 70 foram muitas novelas, todas com sucesso e com a atriz sempre chamando a atenção para sua interpretação. Como em O Machão, A Viagem, O Profeta e Cara a Cara, sempre dando show.
Em Guerra dos Sexos, Irene Ravache, roubou a cena ao lado de Fernanda Montenegro e dividiu o papel principal com a atriz, arrancando gargalhadas e mostrando sua veia cômica, como mostrou novamente em Sassaricando.
Em 1994 ela arriscou e se deu bem. Deixou a Rede Globo e foi para o SBT interpretar o principal papel de sua carreira. Dona Lola, em Éramos Seis até hoje está no imaginário popular como uma das personagens mais queridas da TV. Lola é a personagem brasileira de maior sucesso fora da Rede Globo.
A atriz voltou a Globo no fiasco Suave Veneno, mesmo com personagem de destaque, como a novela não fez sucesso, ela também não fez. Fez ainda algumas participações especiais, até voltar com tudo diante do público ao interpretar Katina, na novela Belíssima e comandar o principal núcleo cômico de uma novela em horário nobre.
Sua última novela foi Eterna Magia, roubando a cena e tomando conta da novela com sua personagem Loreta. Ela também esteve em Tudo Novo de Novo, série global de 2009.
Irene Ravache é querida do público e também dos colegas, que a consideram uma excelente pessoa. Com tantas qualidades é impossível não estar como as melhores e aqui, figura no 4º lugar.

3 - Eva Wilma - 1933



Uma atriz que por muito tempo figurou como a principal atriz do Brasil na opinião de muita gente, devido a sua capacidade de compor um personagem. Esta é Eva Wilma, um talento sem fim.
Ela também é da geração de tantas atrizes que surgiram para a TV na década de 60, oriunda do teatro e tentando aprender um pouco do novo veículo que era a televisão. Rapidamente se tornou uma estrela.
Ao contrário da maior parte das atrizes, ela não estreou na Globo, mas na TV Record e fez sucesso na extinta TV Tupi. Esteve em Fatalidade, Prisioneiro de um Sonho, todas na TV Record e na TV Tupi participou de Angústia de Amar, Nenhum Homem é Deus e O Meu Pé de Laranja Lima.
Teve sua primeira grande chance na Tupi, ao interpretar as gêmeas Ruth e Raquel na primeira versão de Mulheres de Areia que foi um sucesso e ela recebeu muitos elogios da crítica.
Esteve na Tupi até 1979, ainda fazendo parte do elenco de A Viagem, O Julgamento, Roda de Fogo, entre outras, nessas ela sempre fez muito sucesso e tomava conta da novela.
Estreou na Globo no sucesso Plumas e Paetês, interpretando Rebeca e fazendo muito sucesso na nova casa. Em seguida vieram só sucessos, Ciranda de Pedra, Elas por Elas e Guerra dos Sexos.
Em Roda de Fogo e Sassaricando, novelas seguidas, Eva Wilma chamou a atenção por fazer papéis tão diferentes e ainda assim se sair tão bem, um papel em nenhum momento lembrou o outro, feito que a crítica elogiou bastante.
A atriz ainda esteve em muitos sucessos como Que Rei sou Eu, Pedra sobre Pedra, Mico Preto e o sucesso O Rei do Gado.
Mas foi em A Indomada que Eva Wilma mostrou ainda estar em ótima forma, com cenas difíceis, complexas e sempre muito bem interpretadas ela chamou a atenção do telespectador.
Seu último grande papel foi em Desejo Proibido, 2007, ao interpretar Cândida. Atualmente ela se dedica mais ao teatro do que a TV.
Eva Wilma sempre aparece entre as 3 principais atrizes da história do Brasil e aqui não seria diferente, 3º lugar.

2 - Laura Cardoso - 1927



Uma atriz que não interpreta apenas, mas que ensina todos ao seu redor a melhor maneira de se interpretar, e bem um papel difícil. Essa é a excepcional atriz Laura Cardoso.
Mesmo com mais de 80 anos continuar na ativa mostra a paixão de Laura pela profissão e ela mesmo diz parar só quando morrer.
Ela começou a carreira de atriz bem antes da TV, no teatro antes da década de 50 e já era famosa quando a TV Tupi decidiu criar a chamada telenovela, evidentemente ela teria que fazer parte do elenco.
Em 1952 esteve em Tribunal do Coração, novela ainda ao vivo e que era muito complicada de se fazer por causa do pouco equipamento, mas ainda assim Laura Cardoso foi a mais elogiada na trama.
Ela ainda fez duas novelas até voltar um período para o teatro no fim dos anos 50, participando apenas de Especiais para a TV Tupi, pois era contratada da emissora. Em 1962 ela roubou a cena em A Noite Eterna, chamando a atenção pela forma diferente de interpretar Marta.
Ela fez muitos trabalhos para a Tupi, como Olhos que Amei, Fatalidade e Abnegação, todas novelas de sucesso na época e que tornaram a atriz um dos principais nomes da dramaturgia do país.
Mudou-se para a Record e esteve em sua primeira grande novela em As Pupilas do Senhor Reitor foi Tereza e virou protagonista com uma interpretação que beirou a perfeição na opinião de todos.
Ela ficou a década de 70 toda entre a Record e a Tupi, sempre escolhendo muito bem seus papéis, como em Quero Viver, O Leopardo, Os Inocentes e Ídolos de Pano, todas novelas em que ela esteve muito bem.
Na década de 80 estreou na Globo em Brilhante, como Alda, papel que o autor fez questão que fosse interpretado por Laura Cardoso.Seu primeiro grande sucesso na Globo foi em Pão Pão, Beijo Beijo, como Donana que arrancou gargalhadas e lágrimas dos telespectadores.
As crianças da década de 90 também lembram muito bem de Laura, afinal ela esteve numa das principais séries infantis da década. Como Dona Lila, a atriz fez muito sucesso em Mundo da Lua.
Em seguida a atriz emendou 04 grandes trabalhos Felicidade, Mulheres de Areia, A Viagem e Irmãos Coragem, um feito porque ela já estava na época com quase 70 anos. Fez ainda Explode Coração, Salsa e Merengue e Meu Bem Querer, todas de forma seguida, mostrando fôlego e dando show de interpretação.
A partir daí, Laura diminuiu o ritmo, mas ainda esteve em A Padroeira, Esperança, Chocolate com Pimenta e Como uma Onda. Depois fez pequenas participações em novelas, ficando sem uma oportunidade grande.
Oportunidade que veio em 2009, ao interpretar Laksmi Ananda em Caminho das Índias, Laura Cardoso roubou a cena, mostrando que mesmo com mais de 80 anos, ainda estava em plena forma para interpretar.
Com tantos trabalhos ótimos e talento de sobra, Laura Cardoso merece estar na lista num lugar de destaque, por isso foi considerada a 2ª melhor atriz brasileira de todos os tempos.

1 - Fernanda Montenegro - 1929



Alguém tinha dúvida de que ela seria a vitoriosa. A dama da TV brasileira, a atriz que mais sucesso faz no Brasil e fora dele, respeitada e considerada a deusa da interpretação no país, não poderia ser outra senão Fernanda Montenegro.
Atriz de teatro que resistiu bravamente mais de 10 anos a inúmeros convites da TV. Começou no teatro na década de 50 e dizia-se feliz ali e nem um pouco curiosa ou fascinada pelas tais telenovelas que todos queriam fazer.
Mas não teve jeito, no final da década de 60 conseguiram convencer a atriz a tentar a sorte na TV. Ela começou em Redenção numa pequena participação especial, mas sua primeira novela de fato foi A Muralha, já como protagonista Fernanda Montenegro mostrava seu talento para todo o país, talento que já era respeitado no teatro e no cinema.
A partir dali, com um único trabalho, a atriz já era considerada o principal nome da TV brasileira. Ela fez 04 novelas seguidas e em todas eram a principal, foram Medéia, Cara a Cara e Brilhante, além da primeira já citada. Em todas, Montenegro espantou a crítica e mostrou que era realmente o maior nome da interpretação no Brasil.
Sua primeira protagonista cômica veio em Guerra dos Sexos, uma das novelas mais divertidas da história da TV, em que Fernanda recebeu todos os prêmios da época.
Fez ainda Cambalacho como protagonista, até dar um tempo na TV para voltar a se dedicar ao teatro, afinal, já haviam se passado 20 anos com novelas e sempre como protagonista.
A partir de então, Fernanda Montenegro deixou de fazer grandes e longos papéis, aceitando ser protagonista de fases menores de novela como em Renascer ou em O Mapa da Mina em que ela dividiu o papel de protagonista. Segundo ela, assim era melhor para conciliar toda a carreira.
Em Zazá a atriz voltou a ser protagonista e chamou a atenção da crítica divertindo a todos com sua interpretação amalucada. Depois disso ela fez muitas séries na Globo e recusou papéis em novelas, para poder se dedicar ao cinema e foi nessa época que a atriz conquistou o auge. Com o filme Central do Brasil, Fernanda Montenegro foi a primeira e - até hoje a única - brasileira a ser indicada ao Oscar de melhor atriz e também ao Globo de Ouro, feito que muitos consideram impressionante.
Ela ainda fez Esperança, como co-protagonista, mas a novela não emplacou e ela não gostou muito do papel. Tanto tempo sem um grande papel na TV foi estranho para a atriz, mas ela foi recompensada em Belíssima. Sua primeira grande vilã na televisão no papel de Bia Falcão.
Fernanda não queria fazer a novela toda e, por isso, sua personagem foi dada como morta, mas mesmo estando fora da novela por pelo menos 30% da trama, ela continuava a controlar tudo e todos. Em cena, Fernanda Montenegro superou as expectativa e, na época, foi considerada a pior vilã de todos os tempos ao lado de Odete Roitman e Laura Prudente da Costa.
Com tantos prêmios no Brasil, tantas novelas, tantas peças, tantos filmes e com uma indicação ao Oscar, seria difícil não dizer que Fernanda Montenegro é a melhor atriz brasileira de todos os tempos. E ela é, pelo menos para nós.

42 Quebraram tudo:

Kadu-co disse...

Lista merecidíssima!!! :)

rodriguinho a.m disse...

concordo plenamente!!!

Anônimo disse...

atrizes maravilhosas e lindas,parabens a todas.
saude e felicidade...

Anônimo disse...

faltou a talentosa lucélia santos.ela poderia ter entrado no lugar da glória pires,a menos talentosa da lista.

Anônimo disse...

Claudia Abreu e Gloria Pires tinham q estar empatadas tecnicamente em segundo lugar. Elas estão no mesmo patamar da fantástica Fernanda Montenegro. Alê, Itaboraí/RJ.

Anônimo disse...

Acho que Renata Sorrah merecia estar entre as dez no lugar de Tereza Raquel. Outra ausência sentida: Regina Duarte. Pena q são só dez! Alessandra/Itaboraí/RJ.

Danilo disse...

Todas são incríveis, claro que faltaram muitas, mas como são só 10 essas representaram muito bem.
Saudade da Irene Ravache.
Você podia fazer uma lista de 10 melhores attrizes da nova geração.

Anônimo disse...

faltou a renata sorrah..perfeita

Anônimo disse...

faltaram renata sorrah,regina duarte e suzana vieira

Anônimo disse...

Muitas aí só estão aí por ter mais carreira, Cláudia Abreu não é entre as 10.
Faltou Renata Sorrah, Regina Duarte, Christiane Torloni, Malu Mader, Adriana Esteves, PAloma Duarte, Deborah Evelyn, Claudia Ohana, Isabela Garcia, Gabriela Duarte e Debora Bloch.

Anônimo disse...

Lista feita por adolescente, jamais Claudia Abreu poderia estar entre as dez. As primeiras da lista deviam ser sem duvida Fernanda Montenegro, Regina Duarte e Gloria Pires.

murilo disse...

Malu Mader e a melhor!
Sem comparaçao.
1 Lugar-Malu Mader
2 Lugar-Aline Moraes
3 Lugar-Claudia Abrel
Quem acompanha novela sabe!

rogerio de lima dias disse...

vale tudo era maria de fatima ,cade lilia cabral renata sorrah e regina duarte

wanderson disse...

ta faltando muitas ai
Suzana Vieira, Malu Mader,Renata Sorrah,Camila Pitanga,Cássia Kiss,Lilia Cabrla,Isabella Garcia,Walderez de Barros,Regina Duarte,Drica Moraes,Claudia Raia,Jussara Freire,Flavia Alessandra e Ana Paula Arósio e entre outras esta é a minha opinião

wanderson disse...

Ta faltando ainda nesta lista Suzana Vieira,Renata Sorrah ,Camila Pitanga,Regina Duarte ,Malu Mader,Cassia Kiss ,Lilia Cabral ,Drica Moraes ,Leticia Spiller ,Jussara Freire ,Isabella Garcia e muitas outras Ana Paula Arósio etc.........

rodrigo disse...

Ahhhh gente, falta a grandíssima fernanda torresssss, a lília cabral... a gente vamos arrumar isso.

adriano disse...

Gente, faltou a grandiosa Lili Cabral,que é uma verdadeira camaleoa,se encaixa em qualquer personagem

Gui disse...

A lista está bem completa sim... mas Realmente Cladinha Abreu e a péssima (porém famosa) Glória menezes poderiam realmente ser substituidas... assim como a Thereza...


Mas o TOP 6 está perfeito... são realm ente as melhores... eu só trocaria a ordem

1 - Fernanda
2 - Marília
3 - Eva
4 - Laura
5 - Glória
6 - Irene

cb_edivarina2009_12@hotmail.com disse...

concordo com vc murilo a melhor sem duvida e a malu mader talentosa,bonita e charmosa

Geovani disse...

Não podemos pautar a grandeza de uma atriz/ator apenas no que eles fazem na Televisão. Talvez por isto é que alguns comentários lembraram o cast todo da globo... Fundamental destacar é o conjunto das inserções dessas atrizes no mundo do cinema, da televisão e do teatro. Muitas atrizes citadas pelos comentários são famosas, mas falta-lhes história. Perfeita a seleção.

adriano disse...

todas são ótimas

mas Marília Pêra é sem comparação

junior disse...

malu mader é sem duvida a melhor das melhores

crys disse...

Todas maravilhosas, so inverteria fernanda em 2º e Laura em 1º, pq pra mim ela é e sempre sera a melhor de todos os tempos.

José Roberto disse...

faltaram Arlete Salles, Aracy Balabanian, Lilia Cabral e a Torloni. Acho que Fernanda Montenegro e Laura Cardoso estão empatadas!

bruh_escobar disse...

Ah... E cadê a melhor?? Regina Duarte!!

Fernando disse...

Nossa, Regina Duarte só não é pior que a filha dela!

Dorittos disse...

Fernanda Montenegro podia tar em primeiro lugar

R.0.R.S disse...

Renata Sorrah é a melhor atriz brasileira.

regina duarte disse...

fazer uma lista com as 10 melhores atrizes brasileiras e ñ por regina duarte e um ensulto uma atriz de voz inconfundivl papeis brilhantes protagonita de grandes novelas e mesmo assim vcs ñ são capazes de reconhecer como ela e boa atriz por cláudia abreu e ñ por a regina e doze pode mudar essa lista agora sera que vcs so vao dar volor al trabalho dela quando ela morrer me polpe

Andréa disse...

Esta lista é injusta...Na verdade é imposivel destacar as 10 melhores.Fariamos uma grande injustiça com tantas outras atrizes q já foram citadas assima:Suzana Vieira, Malu Mader,Renata Sorrah,,Cássia Kiss,Lilia Cabral,Isabella Garcia,,Regina Duarte,Drica Moraes,Claudia Raia,Jussara Freire , Ana Paula Arósio e entre outras...Absurdo isso.

Thiago disse...

Faltou Regina Duarte

Caio disse...

Não entendo quem considera a Renata Sorrah uma grande atriz... seu único bom trabalho foi em vale tudo, desde então, ela é Helena Roitman em tudo: empostação vocal, postura... Boa lista, só acho q a Claudia Abreu merecia o top 5. E alguem citou Susana Vieira como uma das faltas?! é uma das piores, com certeza!

Ricardo disse...

Tive que rir de alguns nomes que integram está lista.Para começo de conversa,tinha que ter Regina Durte,ela é sem dúvidas a melhor atriz de tv,a mais completa,com personagens históricos,de grande impacto social na vida do povo brasileiro,quem nunca se emocionou com suas Helenas,com sua atuação brilhante em Roque Santeiro,em rainha da sucata,entre outras.E para quem não sabe ela foi a protagonista da novela de maior audiência do país,alcançando 100%.Quem não conhece Regina Duarte neste país? Quem nunca se emocionou ou torceu pelas suas personagens?Fica claro a inesperiência dos responsáveis pela a elaboração da lista.Regina tinha que ter entrado e ficar em 1° lugar,pois o povo brasileiro asiste novela e novela é Regina Duarte!

Thiago disse...

Lista perfeita, eu acho que Patricia Pilar e melhor que a Claudia Abreu, fora isto o resto esta correto.

famosos jd disse...

faltou cristina torloni

Elvira Akchourin do Nascimento disse...

Novamente, concordo com a lista, mas eu também incluiria Nathalia Timberg, Renata Sorrah, Aracy Balabanian, Cassia Kiss Magro, Lília Cabral, Susana Vieira, Débora Bloch.

Elvira Akchourin do Nascimento disse...

E como esquecer de Cacilda Becker e sua irmã Cleyde Yáconis?

Paulo Moises disse...

A lista está muito boa, porém pelo histórico Eva Wilma merece o primeiro lugar. Minha justifcativa reside nos inúmeros prêmios vencidos por Eva (58), algo inalcançavel por qualquer outra estrela. Teatro, televisão e cinema ninguém foi tão vitoriosa.
2- Marília Pêra, além de ser uma atriz colossal, canta primorosamente.
3-Fernanda Montenegro
4-Bibi Ferreira
5-Laura Cardoso
6-Cleyde Yáconis
7-Henriqueta Brieba
8-Glória Meneses
9-Lilian Cabral
10-Patricia Pilar

whindrikson Batista disse...

cade a nivea stelmann q não ta ai ? ela é amelhor

Patricia Eaz disse...

faltou mt gente boa

Patricia Eaz disse...

EA REGINA DUARTE A CHATA SA SUSANA VIERA

TERAPIAS disse...

Idosas
1- Fernanda Montenegro
2- Marilia Pera
3- Marieta Severo
4- Regina Duarte
5- Glória Menezes
6- Susana Vieira
7- Eva Wilma
8-Renata Sorrah
9-Beatriz Segal
10-Natalia Timberg

Meia Idade
1-Gloria Pires
2-Claudia Abreu
3-Patricia Pillar
4- Claudia Raia
5- Cristiane Torloni
6- Malu Mader
7-Lilia Cabral
8-Maite Proença
9-Deborah Bloch
10-Adriana Esteves

Jovens

1-Leandra Leal
2-Deboarh Falabela
3-Deborah Seco
4- Juliana Paes
5-Leticia Sabatela
6-Carolina Dieckeman
7-Thais Araújo
8-Camila Pitanga
9-Mariana Ximenes
10-Giovana Antoneli

Repescagem

1- Elisabeth Savalla
2- Irene Ravache
3-Carolina Ferraz
4- Tereza Rachel
5- Yona Magalhaes
6- Cassia Kiss
7- Joana Fomm
8-Denise Del Vechio
9-Aline Moraes
10-Ana Paula Arósio

Postar um comentário

Twitter Facebook Adicionar aos Favoritos Mais

 
Tecnologia do Blogger | por João Pedro Ferreira