quinta-feira, 20 de agosto de 2009

28 anos de SBT: a nossa história junto a emissora

Na noite de ontem foi ao ar o SBT Repórter Especial em comemoração aos 28 anos de fundação da emissora paulista, considerada por praticamente todos - público e crítica - a emissora mais popular do Brasil.

Quando o programa era anunciado na grade da emissora com inserções nos intervalos dos outros programas, confesso que não me empolguei muito, principalmente porque o editorial do SBT Repórter com César Filho nunca me agradou. Eu nem estava lembrando que o programa iria ao ar, visto que estava assistindo outra emissora, por pura sorte zapeei a TV e fiquei no SBT. Pra não sair mais.

Um programa redondinho, com uma edição muito boa, excelentes lembranças e ótimas reportagens mostrando os bastidores da emissora "mais feliz do Brasil". A começar pelas reportagens que falaram da capacidade do SBT em descobrir novos talentos para a TV e, não se iludam, não foram poucos.

Assistindo ao programa, mais do que ter simplesmente um olhar crítico sobre o formato do SBT Repórter, o mais interessante foi notar que a história de vida da maior parte dos brasileiros passa pela história do SBT. Não foram poucas as vezes que me lembrei com nostalgia da minha infância e adolescência.

Como esquecer dos programas infantis do SBT, tempo em que um programa para criança tinha identidade própria e não era recheado com desenhos apenas. Bozo, Vovó Mafalda, Papai Papudo, Sérgio Malandro e Mara Maravilha fazem parte dessa história rica para a criançada da minha geração.

A emissora também lançou moda com um estilo próprio de programa como o Show de Calouros, o Programa Sílvio Santos, Viva a Noite, Sabadão Sertanejo, Programa da Hebe, Porta da Esperança, que marcaram a vida da população brasileira nos finais de semana, colocando o SBT em segundo lugar da audiência no Brasil.

Outros programas mais recentes também marcaram nossa vida como Chiquititas, Aqui Agora, Chaves (que nem é recente, mas é atual), A Praça é Nossa, Domingo Legal, Popstar, Casa do Artistas, Show do Milhão e tantos outros programas de entretenimentos que fizeram a diversão do país.

O SBT se perdeu nos últimos anos, mas 2009 tem sido promissor para a emissora, desde que Daniela Beirute assumiu a direção de programação da Casa, somente acertos, como o fim da grade voadora e o começo de ótimos programas como Esquadrão da Moda, a volta do Show do Milhão e do Programa Sílvio Santos e o achado Qual é o Seu Talento? mostram que a emissora está no caminho certo.

Para o segundo semestre, tudo continua promissor para a Casa. A volta de Eliana - agora com programa voltado para a família - e a aquisição de Roberto Justus foram excelentes tacadas, assim como Thiago Santiago que deve assinar a próxima novela. O SBT definitivamente entrou na briga pelo segundo lugar de audiência e, esperamos, que ele vença.

1 Quebraram tudo:

Kadu-co disse...

O SBT está reconquistando minha confiança ;)

Postar um comentário

Twitter Facebook Adicionar aos Favoritos Mais

 
Tecnologia do Blogger | por João Pedro Ferreira