segunda-feira, 30 de abril de 2012

Os Exageros do Fantástico

A briga pela audiência na TV aberta brasileira praticamente inexiste. São raros os momentos em que a Rede Globo tem sua liderança ameaçada e, por praticamente todos os horários ao longo do dia, reina absoluta com larga vantagem sobre a concorrência. A média-dia mostra que os números da líder são praticamente iguais à soma de todas as outras emissoras, uma vantagem e tanto.

Contudo, o domingo é bastante diferente. A briga é muito mais próxima e quase acirrada. É bem verdade que a Rede Globo também termina líder em praticamente todos os horários, mas vê a concorrência bem mais de perto. Com os números em queda há alguns anos, um de seus programas dominicais, o Fantástico, vem tentando se reinventar a fim de sobreviver na grade, tarefa que não é fácil e, por isso mesmo, comete alguns deslizes.

Um deles foi cometido na edição do último domingo (29/04). É impensável acreditar que um programa do quilate do Show da Vida e que mantém o padrão Globo de Qualidade possa ter ultrapassado a linha do jornalismo investigativo e invadido a exploração da miséria humana, mas foi o que aconteceu. Em diversas reportagens, diga-se.

A cobertura sobre o acidente envolvendo o cantor Pedro, filho do sertanejo Leonardo, foi das coisas mais insensíveis já mostradas pela emissora em toda sua história. Não se fazia necessário um tempo tão grande num assunto assim e nem entrevistas apelativas que levavam as pessoas às lágrimas. Tudo por audiência e de extremo mau gosto.

Tal qual a entrevista com o menino Sean. É bem verdade que esta não foi uma reportagem produzida pelo programa, mas comprada da NBC, emissora americana que entrevistou o garoto. Ainda assim, foi levantar uma polêmica desnecessária e uma tentativa de criar rixas entre os que apoiam a avó e os que apoiam o pai de Sean. Em nenhum momento, nem a NBC ao produzir a entrevista e nem o Fantástico ao levá-la ao ar, pensaram no bem estar de Sean.

Você percebe que a TV brasileira passa por um momento delicado quando um dos principais e mais influentes jornalísticos do país caminha pelo exagero e pelo sensacionalismo. A esperança de todos é que não tenha se transformado em regra, antes, seja apenas um escorregão e que tudo volte ao normal já na próxima semana porque desacreditar do Fantástico não seria das melhores coisas para a TV.

2 Quebraram tudo:

Caio - Dicas de Colheita Feliz disse...

É né!?
Quando o Domingo Espetacular fazem esses estilos de matéria, tudo mundo acha lindo.
A Globo tá certa em investir nessa matérias! Ontem o programa estava ótimo!

Ricardo disse...

Fiquei #chatiado ao ver a Globo apelando desse jeito. Ela não precisa disso!

Postar um comentário

Twitter Facebook Adicionar aos Favoritos Mais

 
Tecnologia do Blogger | por João Pedro Ferreira