quarta-feira, 10 de agosto de 2011

Um talento chamado Regina Duarte

A geração atual de telespectadores já há algum tempo vem torcendo o nariz para a atriz Regina Duarte, principalmente por considerarem sua participação em alguns trabalhos, como Páginas da Vida, como frágil. Brincadeiras, zombarias e até duras críticas, pois, segundo eles, a atriz nunca apresentou o talento pelo qual ela se tornou tão famosa.

De fato, os últimos trabalhos dela não foram dos melhores, muito mais pela fragilidade de suas personagens do que propriamente do seu talento, ainda assim, é natural que a nova geração, acostumada somente a acompanhar os trabalhos atuais, sem a curiosidade de olhar sobre os ombros e descobrir o passado da teledramaturgia brasileira, critique.

A partir de agora, os mais novos não poderão mais dizer que Regina Duarte não justifica sua fama. A atriz vem dando um banho de atuação na pele de Clô Hayalla, na novela das 23h, O Astro. Mesmo diante de um feliz trabalho de roteiro e de uma inspirada composição poética da direção, Regina Duarte pintou sua personagem de uma forma que é tão harmoniosa ao restante do texto e da própria produção que chega a assustar.

Regina Duarte sempre foi uma atriz tipicamente de folhetins. E em O Astro, que é toda produzida acima do tom - propositalmente, o que dá graça a trama, inclusive - a atriz tornou Clô a melhor personagem da obra, disparada e sem chance de concorrência. Sua criação, uma pessoa completamente irreal, cheia de meandros exagerados, sentimentos que explodem o tempo todo em expressões hiperbólicas e que quase sempre ocupam todo o vídeo, mostra o trabalho de criação da atriz que está acima da média.

É provável que este seja o melhor trabalho da atriz em muito tempo. Um trabalho memorável para se lembrar para sempre, como já foi, por exemplo, em Roque Santeiro. Clô Hayalla é como a Viúva Porcina, uma personagem que não tem sobrevida no mundo real, mas que transmite tamanha verossimilhança que é impossível o telespectador não se identificar. Tudo isso graças ao talento de Regina Duarte.

6 Quebraram tudo:

LAN Blogger disse...

Concordo totalmente com a análise!!!!

Lucas disse...

Este é o Demlocesar! (Risos)

Mais uma matéria no ápice da excelência. Parabéns!

Lucas Neves

Marlon Kraupp disse...

Continuo discordando !

Yuri Silva disse...

muito boa. no começo tb achei ela caricata, mas o próprio Daniel me explicou e percebi que a trama tinha que ser construída totalmente acima do tom. ponto pra globo, pro texto dos autores e pra direção quase perfeita.

Paulo Antunes disse...

melhor atriz brasileira de todos os tempos

Paulo Antunes disse...

melhor atriz brasileira de todos os tempos

Postar um comentário

Twitter Facebook Adicionar aos Favoritos Mais

 
Tecnologia do Blogger | por João Pedro Ferreira