quinta-feira, 17 de fevereiro de 2011

Tititi: uma novela ou uma série?

Eu sei que já estou sendo extremamente repetitivo, mas não sejam tão radicais comigo neste assunto porque, como todos já devem ter notado, Tititi é minha grande paixão do momento. Por mais que eu tente me lembrar não consigo e, provavelmente porque não houve novela no horário das 7 que me chamasse tanto a atenção por sua qualidade em todos os sentidos como a trama de Maria Adelaide Amaral tem feito.

A bem da verdade é que, após a saída de João Emanuel Carneiro do horário - e consequente migração para o principal horário - nunca mais houve uma novela nos eixos às 19 horas. Quando o folhetim fez sucesso, como o caso de Caras e Bocas, ele primava pelo pior tipo de humor possível, com didatismo exagerado e situações vazias. Quando a novela era boa, o público de pronto a rejeitava e sequer dava uma oportunidade para acompanhar as inovações, exatamente como aconteceu com Tempos Modernos.

A impressão que se tinha era de que não havia mais solução para este horário de telenovelas globais, até surgir Maria Adelaide Amaral e sua idéia de juntar as sinopses de duas histórias da década de 80 - Tititi e Plumas e Paetês - e, a partir daí, criou novos elementos para criar sua própria trama. Aos desinformados e desatentos uma informação: já está mais do que óbvio e evidente que Tititi não tem nada de remake, é uma novela própria, original, que busca apenas inspiração nas tramas de Cassiano Gabus Mendes, mas que tem seus próprios elementos.

Como se não bastasse tudo que já foi dito, como a impecável direção de Jorge Fernando, o delicioso roteiro da autora e todos os seus colaboradores, a extraordinária química entre o elenco, Maria Adelaide Amaral mostrou o que é inovação e fez em sua novela o que ninguém vinha fazendo, citações.

As citações clássicas de Tititi são, além de divertidas, pops, transformam a novela extremamente cults. Nestes meses de exibição a trama já citou mais de 15 novelas diferentes de todas as gerações e, diga-se, nem todas da Rede Globo, falou-se de personagens de filmes, de músicas e até de apresentadores de outras emissoras. Um dos clássicos exemplos da inovação na linguagem da telenovela são duas frases geniais ditas por Ariclenes, ambas para Chico: "Já pensou, Chico, nós protagonizando o primeiro beijo da televisão?" e "Chico, eu te digo, antes dessa novela acabar o Luti vai ficar com a Camila".

Tititi brinca consigo própria, cria elementos inovadores para a TV brasileira e, mais do que isso, com coragem, Maria Adelaide Amaral agradou tanto o público com seu texto, que agora, faz o que bem entende com as personagens. De uma vez só ela desagradou o telespectador em todas os núcleos. Separou Marcela e Edgar, separou Suzana e Ariclenes, separou Jaqueline e Jaques e separou Desiree e Jorgito. Quando a novela é boa assim, o público acompanha e quem escreve faz o que quer porque a qualidade prevalece.

Como eu disse no twitter: após Tititi, a Globo deveria mesmo era encerrar o horário das 7 porque vai ser difícil, senão impossível, surgir algo que chegue aos pés do folhetim. 

6 Quebraram tudo:

Nair disse...

Infelizmente o problema de fazer uma novela tao boa assim, é substitui-la a altura depois.
Como foi com A Favorita...uma decadência em qualidade após o término da mesma e que eu só vejo esperança de ver uma nova novela das 9 quando for de novo do JEC.
Vai ser assim nas 19 horas também.
Eu também, assim como vc, tenho loucura por TiTiTi, tudo ali beira a perfeição!

marcy disse...

Na verdade as estrelas de Tititi são Jaqueline e Jaques os demais acompanham o ritmo dos dois, Claudia Raia se superou estou amando a interpretação deles. Quanto as falas me parece meio familiar :D talvez seja esse o "segredo" de tanto sucesso.

Ivete disse...

De fato, a melhor novela das 19hs desde há muito,muito tempo... Mas muitas vezes, tem havido um certo exagero que nos irrita em alguns aspectos. Este mesmo de separar e de novo separar todos os personagens... já está se tornando um pouco enjoativo!Nossa! Dá pra tirar a Desiree e o Armandinho daquela ilha? Isto já quase nos dá náuseas!Ai, a Maria Adelaide que não carregue demais ou vai acabar por nos cansar...e estragar o que começou tão bem!

carla disse...

Quanto exagero,até parece que não vai vim uma novela melhor que tititi,ah que não goste das novelas de Walcyr Carrasco,mais não tem como negar que suas novelas tem repercussão,criatividade,ingredientes que tititi não tem,sinceramente o que segura a trama são as cenas de Claúdia Raia e Murilo Benicio,Plumas e Paetes é a grande decepção não conseguiu ser fiel a trama original,e vamos combinar que a Marcela de Elisabeth Savallo no quesito interpretação e própria história ganha de goleada da Marcela dá fraca atriz Isis Valverde!

Tarcísio disse...

TiTiTi é mesmo uma das melhores histórias que o horário das 7 já apresentou. Embora a autora venha tomando rumos horríveis, a novela continua agradável de se assistir. A frase "imagina nós dois protagonizando o primeiro beijo gay da televisão brasileira" foi mesmo excepcional. Essas tiradas também me parecem meio familiar, mas acho que no gênero telenovela é algo novo.

Pena que o que vem na sequência de TiTiTi, no caso Morde & assopra, não parece ser nada que chegue aos pés do remake de Maria Adelaide Amaral.

João disse...

a novela ta ficando um porre de tão chata D:

Postar um comentário

Twitter Facebook Adicionar aos Favoritos Mais

 
Tecnologia do Blogger | por João Pedro Ferreira