sábado, 23 de outubro de 2010

As 10 Melhores Duplas da Década

Está quase chegando a hora de terminarmos a Lista de Melhores da Década, o ano está acabando e, também, os assuntos que podem ser interessantes de se fazer uma lista estão chegando ao fim. Mas ainda não será neste sábado. Nem no próximo. Ainda temos alguns assuntos a tratar para a alegria geral da nação e, o de hoje, é muito legal. Note que o termo usado é "dupla" e não casal. Para que ninguém reclame. Vamos as 10 Melhores Duplas da Década.


10 - Clara e Miguel - Tudo Novo de Novo

A série não conseguiu engatar mais do que uma temporada, apesar de dar audiência satisfatória (em torno de 16 pontos) e manter a Globo com liderança folgada, mesmo numa sexta-feira a noite. Mas definitivamente Clara (Julia Lemmertz) e Miguel (Marco Rica) conquistaram o público e mostraram um jeito muito lindo de um casal se relacionar numa dramédia muito bem colocada pela emissora. Cenas leves, texto divertido e uma relação amadurecida, bem resolvida, apesar de todas as circunstâncias contrárias, pautaram esta dupla dinâmica.




9 - Safira e Pascoal - Belíssima

Das duplas mais divertidas da TV nos últimos anos. Sílvio de Abreu, sem dúvida, estava inspiradíssimo ao escrever este núcleo de Belíssima (e toda a novela, claro). Safira (Cláudia Raia) e Pascoal (Reynaldo Gianecchinni) combinavam como poucos personagens combinaram na história das novelas brasileiras e, juntos ou separados, produziam cenas geniais de humor leve, mesmo sendo sensual, inocente e até sem noção algumas vezes. Momentos únicas marcaram a história desta dupla genial.

8 - Flora e Donatela - A Favorita

Sim, elas nunca foram um casal, mas sempre, definitivamente sempre foram uma dupla. E muito mais do que ser Faísca e Espoleta, a cumplicidade, o amor e a possessividade na relação entre Flora (Patrícia Pilar) e Donatela (Cláudia Raia) formaram a grande premissa de A Favorita. Desde o primeiro capítulo era possível ver que, mesmo separadas como dupla e como amigas, ambas tinham um relação forte, de amor e ódio, de dependência que as impediam de se separarem, de cortarem a profunda ligação que sempre tiveram. 


7 - Rui e Vani - Os Normais

Seria possível falar de qualquer dupla dos últimos anos e esquecer estes dois? A criação de Fernanda Young entrou para a história recente da TV brasileira por sua genialidade. Rui (Luis Fernando Guimarães) e Vani (Fernanda Torres) nunca foram exatamente uma dupla. Em Os Normais, eles eram noivos e viviam situações que ultrapassam o limite do ridículo e, sempre, sempre funcionava. Mas eles não eram dois. O casal, na verdade, formava um só personagem e dava o charme da série que ainda hoje é adorada por todos.

6 - Rose e Gustavo - Cama de Gato

Novela das 6 normalmente produz casal de mocinha e mocinho tão sem graça que, quem não gosta do estilo adoçado de ser, acaba sentindo nojo e torcendo contra. Longe disso em Cama de Gato, graças a um roteiro afiado. Rose (Camila Pitanga) e Gustavo (Marcos Palmeira) sempre tiveram muita química e uma história forte, bem arraigada e que foi muito bem escrita e construída ao longo de toda a novela. Uma linda história de amor sem os exageros, os clichês e a lentidão que o horário sempre produziu. 

5 - Tony e Fernanda - Poder Paralelo

Única dupla off-Globo da lista e com méritos. Desde o primeiro capítulo de Poder Paralelo, sabia-se que Fernanda (Paloma Duarte) e Tony (Gabriel Braga Nunes) eram os personagens mais complexos da trama. Mesmo separados, podia-se ver como eles produziriam muito se fossem juntados. E funcionou. O casal tornou-se dos mais fofos da TV brasileira e deixava todos os telespectadores emocionados com a química, a união e a força que eles tinham juntos. Pena que no fim, terminaram separados.




4 - Laura e Renato - Celebridade

Simplesmente inesquecível. Criar dupla de vilões é normalmente uma armadilha que pode não funcionar e quase sempre vira clichê sem graça. Não em Celebridade. Laura (Cláudia Abreu) e Renato (Fábio Assunção) dois vilões pérfidos e terríveis, se juntaram e, ao invés de surgir maldades clichês, surgiu a dupla de vilões mais divertida da TV brasileira. Como esquecer deles se chantageando? Do chicote? Das noites de amor? Impossível.




3 - Ellen e Foguinho - Cobras e Lagartos

João Emanuel Carneiro mostrou desde cedo ser capaz de produzir duplas inesquecíveis. Em Cobras e Lagartos juntou os dois personagens mais complexos e divertidos de toda a história e conseguiu compôr a dupla mais divertida do horário das 7 na década. Ellen (Taís Araújo) e Foguinho (Lázaro Ramos) foram responsáveis pelas cenas mais incrivelmente divertidas já produzidas nos últimos 15 anos no horário das 7. Se separados eles já eram ótimos na novela, juntos então, ficaram insuperáveis.


2 - Dimas (José Silvério) e Otto (Ezequiel) - A Cura

Poderia falar de Dimas e Rosângela que foram o casal da série, e um casal muito fofo, diga-se, porém, a grande dupla de A Cura foi Dimas (Selton Melo) e Otto (Juca de Oliveira). Duas almas que se odiavam e se perseguiram por mais de 200 anos ultrapassando gerações e encarnações até chegar aos dias atuais. Graças ao talento da dupla de atores e a um texto primoroso de João Emanuel Carneiro, a dupla convenceu ao público e mostrou que a força da briga pela vida e pela morte, ultrapassa gerações.

1 - Laura e Marcos - Celebridade

Dava para escolher outra dupla senão essa? Desde que Celebridade foi ao ar todos sabiam que essa dupla dificilmente seria tirada do topo das melhores duplas em qualquer lista. Incrivelmente inspirados, Laura (Cláudia Abreu) e Marcos (Márcio Garcia) saiam do drama para a comédia em dois segundos e conseguiam encantar o público pelo jeito marginal de ser que sempre funcionou - e só funcionou com eles nos últimos anos, é preciso lembrar - impossível esquecer as grandes cenas que os dois protagonizaram e o amor impressionante que um tinha pelo outro.

10 Quebraram tudo:

fer_e_carlinha disse...

Adorei essa lista, a melhor lista sua!!!
Concordo com tudo.

RSP disse...

errou feio!
dimas e otto uma das duplas da década?
esses protagonistas de cama de gato não marcaram a década não, e mt menos de poder paralelo
e
bebel e olavo
ana fracisca e danilo
glauco e lurdinha
???
penso q vc puxa saco e esquece de dizer o que realmente MARCOU o público em geral. Agora se marcou a vc, tudo bem...

Alexandre disse...

Concordo com RSP,
Bebel e Olavo; Ana Francisca e Danilo mereciam estar na lista, mesmo sendo 'Dupla-Casal'
Essas duplas de 'Cama de Gato' e 'A Cura' não marcaram tanto, na minha opinião.
Novamente ressalto que deve ser difícil fazer essas listas, porém, para os leitores, há 'personagens óbvios' que nem sempre aparecem...

@tvxtv disse...

RSP

Apesar de adorar comentários, amar ver os internautas vindo ao blog e participando, este espaço é de um blog independente e particular. Você parece ter dificuldades de entender isso em seu comentário.

Esta lista, como TODO E QUALQUER TEXTO AQUI, é uma opinião PESSOAL MINHA. Esta lista é NA MINHA VISÃO. Consegue entender? Eu não fiz pesquisa de campo, não entrevistei telespectadores e, portanto, não apresentei as 10 Melhores Duplas da Década, na visão do público. Certo?

Você poderia aproveitar o espaço e mostrar pra gente quais seriam as suas 10 duplas :D

Tarcísio disse...

Não concordo, em termos, com a sua lista. Entendo que seja sua opinião, mas acredito que faltaram muitos que tiveram grande destaque durante a década.

Bom, lá vai a minha lista:

10º Bianca e Felipe (Caras & bocas)
9º Bárbara e Tony (Da cor do pecado)
8º Glauco e Lurdinha (América)
7º Vitório e Olívia (Alma gêmea)
6º Safira e Pascoal (Belíssima)
5º Reginaldo e Viviane (Senhora do destino)
4º Débora e Cristina (Alme gêmea)
3º Ellen e Foguinho (Cobras & lagartos)
2º Bebel e Olavo (Paraíso Tropical)
1º Laura e Marcos (Celebridade)

Até mais!!!!!

Daivison Tavares disse...

Daniel,Clara e Miguel?E Dimas e Otto?Laura e Renato?
Desta vez eu discordo feio do seu ponto de vista.Eu lendo esta lista esparei desde o décimo ao primeiro lugar Olavo e Bebel,eles mereciam sem dúvida nenhuma a melhor dupla de toda a década,a química era muito melhor de que a de Laura e Marcos.E Olavo e Bebel foram muito mais comentados de que a dupla que ocupa o primeiro lugar.

Paulinha disse...

Compreendo sua preferência pelo João Emanuel Carneiro mas as vezes parece muito forçado, como me pareceu no caso da dupla Dimas e Otto. Tiraram o lugar de uma das duplas mais marcantes, Bebel e Olavo, que não só eu mas outros leitores que "quebraram tudo" sentiram falta. Mas gosto é gosto, não? ;)

Bia disse...

realmente...
faltou Bianca e Felipe de Caras e Bocas
e Bebel e Olavo, de Paraíso Tropical

Victor disse...

Faz uma lista dos melhores diretores.

m.stedile disse...

CACO E MAGDA - SAI DE BAIXO!

Postar um comentário

Twitter Facebook Adicionar aos Favoritos Mais

 
Tecnologia do Blogger | por João Pedro Ferreira