sexta-feira, 3 de setembro de 2010

Hipertensão é um show de horrores

Passei horas tentando descobrir o que leva uma emissora como a Rede Globo - líder de audiência e faturamento no país há década e sem receber nenhuma ameaça, além de ser a 4ª maior estrutura televisiva do Planeta - a produzir e levar ao ar um programa como Hipertensão.

Nos primeiros minutos no ar já deu para perceber do que se tratava. Uma cópia mal feita e apelativa do ótimo No Limite com o péssimo Jogo Duro. Aliás, é bem próximo mesmo do último, provavelmente com outro nome para não constranger o ex-apresentador Paulo Vilhena que teve um desempenho pífio naquela ocasião.

Não há muito o que se dizer de um programa cujo principal objetivo é chocar o telespectador através dos piores artifícios que podem haver. O choque, quando baseado em um roteiro bem elaborado e que gire em torno de conflitos interessantes, como é o caso de No Limite, é um atrativo a mais que chama a atenção de todo o tipo de público. Porém, o choque vulgar, que explora a exaustão os 05 sentidos dos participantes e do telespectador, sem causa, sem rumo e apenas para atrair audiência - desqualificada, diga-se - é atitude de emissoras que não se orgulham de ser um exemplo mundial pelo padrão de qualidade.

A Rede Globo errou ao produzir o Jogo Duro e passou atestado ao produzir Hipertensão. Uma emissora que preza pela qualidade, sempre foi atenta aos detalhes, por menores que sejam, levar ao ar um produto que lembra muito mais o jeito Rede TV de fazer televisão, é lamentável.

Mais lamentável ainda é imaginar que a emissora encurtou a ótima A Vida Alheia para colocar esse show de horrores para competir com A Fazenda. Um equívoco dos grandes e que, se o Reality da Record for minimimanete atraente - coisa que a segunda edição, infelizmente não foi - custará caro, pois o caminho da liderança está aberto.

O único ponto positivo desta abominação chamada Hipertensão é a forma solta, eficaz e atraente que Glenda Kozlowski conduziu o programa mostrando ser uma apresentadora madura o suficiente para saber lidar com situações bizarras. Infelizmente, estar a frente de um programa deste porte, pode manchar a carreira desta ótima profissional.

Em tempo, a estreia de Hipertensão registrou média de 15 pontos para a Globo.

8 Quebraram tudo:

Fake disse...

Tomara que a globo se ferre na audiencia!!! Que perca muito feio pra fazenda.
Ainda tiraram a vida alheia do ar para colocar isso...Faço do seu texto as minhas palavras, esse programa deve ser um show de horrores mesmo (é lógico que eu nem assisti...)
É lamentável!!!

Jack Bauer "dROp tHe GuN" disse...

Concordo completamente.

Não gostava do Vida Alheia, porém não nego que era um salto gigantesco para a TV brasileira. Trocar a série por essa "bominação chamada Hipertensão" é o cúmulo. É um lixo.

Discordo somente da parte da RedeTV. Gosto muito do jeito deles de fazer televisão, e se possível gostaria de pedir uma postagem explicando por que por que eles não fazem boa televisão;

Othon Pereira de Noroes disse...

muda de canal para A praça é nossa ..........

Gabriel Borba disse...

Boa tarde a todos
Assisti ao programa ontem, mas confesso que mais por curiosidade sobre uma das participantes, que participava de um programa de TV aqui do RS: a Andressa (aquela que pergunta se tá borrada depois que acaba a prova).
Achei o programa de péssimo mal gosto, mas enfim...
Só para terminar, alguém pode me explicar por que os participantes são apresentados sem roupa?
Um abraço

fabiano sousa disse...

O Programa é muito bom, a Glenda faz uma ótima apresentação e na minha opinião é um dos melhores realitys da TV BRASIL, agora cá pra nós dizer que "Vida Alheia", é um ótimo programa é apelar de mais.

Gica Rodrigues - designer. disse...

Depois desse programa porcaria, a Globo ão tem moral pra criticar nenhuma outra emissora, por mais que essa tenha um programa ruim ou coisa do tipo.
Realmente lamentável!
Aliás, a programação da Globo como um todo é um lixo fétido, mostrando o quão é repetitiva, enfadonha e sem criatividade alguma. Tomo como exemplo o que se vê diariamente em programação inalterada, com as mesmas "atrações" de segunda a sexta, começando pela imbecilidade matutina, passando pelas tardes sem noção e com filmes reprisados ao menos 5 vezes no ano e terminando com a repugnante criação "Hipertensiva"!

Fundo do poço...

??????????? disse...

O programa Hipertensão pra mim é ainda melhor que o No Limite. Principalmente as provas de comida que é muito engraçado ver os participantes saboreando insetos, agora quem não gosta de assistir muda de canal. Este programa não é indicado para patricinhas frescas e cheias de não me toque.

asiram disse...

O Programa Hipetensão é um Horror, brincando com o limite das pessoas...até que ponto o ser humano é capaz...é uma violencia.
Um por audiencia e o outro por algum dinheiro...
Agora todas as maiores emissoras de TV brasileira estao iguais(crianças doente, pessoas feias etc...) , digo iguais não! Hipertensão se superou e o pior de todos...

Postar um comentário

Twitter Facebook Adicionar aos Favoritos Mais

 
Tecnologia do Blogger | por João Pedro Ferreira