segunda-feira, 9 de agosto de 2010

As falácias e mentiras da Record

Na noite do último domingo, o principal jornalístico da Record, Domingo Espetacular apresentou para seu público uma extensa reportagem mostrando através de gráficos, como sempre, o crescimento da emissora nos últimos anos. Esta postura não é nenhuma novidade, desde que iniciou seu investimento e os índices de audiência começaram a melhorar, praticamente todos os programas da casa começaram a explorar de forma sensacionalista esses dados.

A bem da verdade é que nenhuma emissora grande do mundo se presta a tal papel. Nos EUA, as emissoras divulgam sua audiência na internet e, ocasionalmente, comemora bons resultados de determinados programas apenas na mídia, nunca em sua própria programação, ou pior, abrir espaço para um jornalístico para apresentar dados que não significam absolutamente nada para quem está diante da TV querendo receber notícias realmente relevantes. Porém, isso ocorre em emissoras grandes, não é o caso da Rede Record que insiste em se comportar como uma pequena.

A atitude por si só é desprezível e demonstra a total falta de respeito da emissora por seu público. Provavelmente este desrespeito se deve porque a cúpula sabe que não há um "público". É só notar que a emissora sobrevive com picos de audiência herdados. Ou seja, quando não há nada de muito interessante na Globo, as pessoas migram para a Record. Não há fidelidade, não há compromisso do telespectador e o feedback é idêntico. Como eu disse ontem no twitter, o egocentrismo da cúpula da Rede é de um tamanho assustador. Se Sílvio Santos trata sua emissora como um brinquedo particular, a direção da concorrente não faz diferente.

Ainda mais grave que a própria atitude isolada é o fato de que um programa que tenta passar a imagem de um jornalístico sério e de respeito ancorado por um (ex) jornalista (des)respeitado manipular números no total desespero para tentar enganar o público e mostrar que há crescimento onde simplesmente não há. Os números reais mostram que após quase 05 anos de crescimento contínuo, a Rede Record vem caindo vertiginosamente. Após o último mês de crescimento contínuo, em março de 2008, a emissora abriu o segundo mês do 2º trimestre daquele ano em queda. Comparando os números da emissora em Abril de 2008 com os números divulgados pelo Ibope em Julho de 2010 o que se vê é uma impressionante queda de audiência que supera os 25%. A Record vem caindo em média 1% ao mês desde 2008 e não é uma queda que ocorreu ontem, ou em 2009 e houve recuperação. Não. A emissora vem em queda contínua e mensal, com pouca variação de um mês para o outro.

O desespero da emissora faz com que ela engane seu público e produza uma matéria que, além de ser de extremo mal gosto, ainda é cheia de falácias e mentiras. Mais ou menos como o slogan "a caminho da liderança", mais uma piada do Departamento de Humor da emissora, que aliás, é melhor do que Legendários.

4 Quebraram tudo:

Admin disse...

Concordo cegamente, como disse esses dias, o mais correto era a record não fazer, o público não tem nada a ver com esses números, e muitos nem entendem.

É fácil enganar quem não tem acesso a audiências, é fácil tacar o pau no "ibope" quando esta mal, e usar os números do mesmo quando esta relativamente bem.

O pior de tudo ainda, é ver uma jornalista do port da Padrão se submetendo a fazer uma matéria dessas.

Léo disse...

Sinceramente, eu não sei quem perde tempo assistindo a Record. Desculpem-me, quem gosta, mas aquilo é emissora de gente alienada e sem ideias, o que, pra mim, foge totalmente do conceito de televisão. TODAS as coisas (por coisas, quero dizer atores, formato de programas, número e combinação de apresentadores de telejornais, as próprias siglas desses telejornais ... enfim, tudo mesmo) que aparecem na Record vieram, descaradamente, da Globo! Até o nome de uma emissora à parte da Record, a Record News, tem a mesma terminação que a Globo News, sem falar no logo, e na barra em que aparecem as informações contidas no programa.

Apesar de ser abertamente 'Global' (analogia para determinar pessoas que assistem a Globo), meu objetivo nesse comentário não é exaltar tal emissora. Bem, gostaria de dizer que gostei do seu post, e obrigado por expressar algo que eu sempre tive vontade, mas a preguiça também vinha junto.

tyciana32 disse...

Parabens!!Belissimo comentario!

Leonardo S disse...

Exato!!! A "Recópia" produziu novamente uma matéria como essas agora em 2012! E eu?... Rí, rí muito!!
Em minha opinião, a record não supera a Globo em nenhum quesito, seja ele qualidade de imagem, de áudio ou conteúdo! As novelas da Record são Horríveis! Mal iluminadas, cenários mal feitos e sem qualidade de imagem ou som! Os Telejornais da Record não buscam notícias, apenas esperam passar os telejornais da Globo... E para que isso não se torne evidente, eles colocam outras reportagens ridículas e sem importância alguma no meio. O tempo da Record é mal planejado e com intervalos comerciais enormes, diferente da Globo, que se necessário corta atrações para caber no tempo e com intervalos pequenos! Além disso, a programação da Record depende do que a Globo faz, por exemplo, no CSI, você quase consegue acompanhar o seriado e a novela da Globo que passam no mesmo horário, pois o -gigante- intervalo comercial do CSI acaba, muitas vezes, quando começa o intervalo da novela e vice-verça! Entre muitas outras questões, não gosto da posição da Record!

Postar um comentário

Twitter Facebook Adicionar aos Favoritos Mais

 
Tecnologia do Blogger | por João Pedro Ferreira