quinta-feira, 14 de janeiro de 2010

BBB 10 acerta em cheio com participantes


Estreou na última terça-feira na Rede Globo a nova edição do Big Brother Brasil, o Reality Show com maior audiência da TV brasileira e que anualmente reúne milhões de fãs na frente da TV para acompanhar a casa mais vigiada do país.

Como já vimos em outros Realities, várias edições podem desgastar a fórmula, torná-la cansativa e acabar enjoando o telespectador, por isso normalmente a audiência sofre queda ao longo de suas apresentações - e quedas significativas. O BBB10 veio com ares de inovação para fugir da mesmice e arrebatar a audiência do público.

Com 15 novos participantes escolhidos a dedo pela direção, o programa acertou em cheio ao montar o estilo de personalidade que gostariam de ver dentro da casa. Existe praticamente todo tipo de pessoa lá dentro, o que certamente facilita na identificação do público de forma mais rápida.

Ao contrário do BBB9 que demorou para engrenar porque muitos participantes tinham o mesmo perfil sereno e amigável - por isso a confusão demorou a rolar, mas também quando chegou... - o BBB10 promete muitas histórias com pessoas tão diferentes e aparentemente com muita história para contar.

É impossível apontar favoritos num cenário como este, mas é possível dizer que o grande favorito é o sucesso. Além da competência na escolha dos participantes, há também que se detacar o apresentador Pedro Bial que conduz com maestria tudo isso. Como eu cheguei a dizer no twitter, Bial dá uma aula de como se apresentar um Reality e mais, assistindo a produção do BBB, temos a impressão que A Fazenda - da concorrente Rede Record - não passa de um programa caseiro.

O único erro de estratégia da produção foi não aproveitar de forma eficaz uma idéia aparentemente muito boa. Colocar na casa dois ex-participantes do programa que foram eliminados nas primeiras edições, foi uma tacada de gênio. O problema é que a escolha dos 05 que teriam chance de entrar na casa foi muito infeliz - exceção feita a divertida Fanni. Por fim, Joseane e Marcelo voltaram a casa e muita gente sequer lembrava da participação deles. A idéia era boa e devia ter sido melhor aproveitada, escolhendo participantes que não venceram, mas que marcaram suas prsenças, como a ótima Cida do BBB2.

O fato inegável é que em todas as edições nunca se falou tanto dos participantes logo nos primeiros dias como se fala deste BBB10. Seja por amor ou ódio o público já se identificou e a audiência cresceu do primeiro para o segundo dia, o que mostra o caminho do sucesso.

*Este artigo estará disponível também no site Famosidades. O melhor site que trata do mundo das celebridades.

3 Quebraram tudo:

Guilherme disse...

Essa edição está dez. Está imperdível!

Rodrigo Fenty disse...

BBB é o melhor...
BBB10 é 10!!
Não perco um só programa...

Wendel Luis Boarati disse...

Caro Daniel,permita-me discordar de vc em relação ao BBB deste ano.Primeiramente eu achei muito errado a produção e o Boninho terem colocado 2 ex-bbs,pois com isso acaba sendo injusto com as outras pessoas que assim como eu se inscreveram para participar da casa.Segundo, eles não respeitaram uma regra que os videos no momento da inscrição teriam que ter no máximo 5 minutos.No blog do programa,dois candidatos, a Ana Marcela e o Michel, tem videos que ultrapassaram esse tempo.Acho que isso também não e justo com as outras pessoas.

Postar um comentário

Twitter Facebook Adicionar aos Favoritos Mais

 
Tecnologia do Blogger | por João Pedro Ferreira