segunda-feira, 5 de setembro de 2011

Uma Caricatura mal posta: Dulce

Nadar contra a maré é algo interessante porque pode te colocar em evidência e, principalmente, quando se trata de temas polêmicos como "corrupção", "sexualidade" e etc. Mas, em TV, discordar da massa é um problema. Discordar da crítica é outra problema. Agora, discordar da massa e da crítica é um problema de proporções dantescas. Mas é o que farei.

Desde que estreou Morde e Assopra venho tentando acompanhar a novela de longe, já que a trama nunca de fato me agradou. Porém, uma personagem sempre chamou a atenção: trata-se de Dulce (Cássia Kiss Magro). Se há uma unanimidade nesta novela, ela é Dulce. Personagem que caiu nas graças do telespectador e, com a atuação da atriz, também da crítica especializada. Este mesmo espaço já elogiou a atuação da atriz.

Porém, após tantos meses no ar, é preciso fazer uma observação mais aprofundada. Cássia Kiss Magro tem, de fato, se destacado positivamente como a sôfrega Dulce? Não. A resposta é sucinta, clara e sem rodeios. Explico.

Dulce é, talvez, a personagem mais caricata da história da teledramaturgia nacional - permita-me a hipérbole - e muito disso se deve ao texto irreal e sem nenhum senso de verossimilhança implementado pelo autor da obra, Walcyr Carrasco. Porém, Cássia optou pelo mesmo caminho ao compôr a atuação em sua personagem. Além de todos os problemas de caracterização - culpa da direção que criou aquelas roupas ridículas e aquela dentadura que extrapola o limite do aceitável - a atriz ultrapassou muitos passos a linha tênue entre a boa interpretação e a canastrice.

É bem verdade que Cássia é uma grande atriz e sabe atuar como poucas no país. Mas ela exagera ao aparecer em cena como Dulce. Movimentos exagerados, expressões exageradas, lágrimas que parecem brotar de nuvens em dia de tempestadas, gritos que ensurdeceriam um estádio de futebol, empostação vocal que lembra de uma criança aprendendo a falar. Tudo é exagerado. Tudo é caricata.

Se Dulce é irreal. Se Dulce não transmite nenhuma verdade em cena. Boa parte da culpa é de Cássia Kiss Magro que, infelizmente, dessa vez, errou o tom de sua personagem. Ninguém é obrigado a acertar constantemente e Cássia tentou ajustar o tom maniqueísta e ultrapassou a linha. Pena

5 Quebraram tudo:

Walter de Azevedo disse...

Como é bom ter alguém que pensa como eu. Também acho tudo ali muito exagerado. Cássia Kiss é um desperdício nessa novela. O texto é forçado e, na minha opinião, a interpretação de Cássia, que já nos brindou com tantos trabalhos inesquecíveis, também. Cássia e o público merecem coisa melhor.

Marlon Kraupp disse...

Tudo é uma questão de opinião, do mesmo jeito que você insiste em dizer que a Regina Duarte está brilhando como Clô ( o que é bem longe da minha opinião ), eu insisto em dizer que Cassia Kiss, PRA MIM, é a melhor atriz do ano, com o papel da "Dulce".

Pra mim, ela salvou Morde e Assopra, que enquanto só dava espaço para os outros nucleos, não tinha repercussão alguma.

Em fim, cada um tem uma visão da coisa, a minha visão é a mesma de grande parte da crítica e da massa xD ...

Francisco Othon Pereira de Norões disse...

Morde e Assopra é um lixo..

ffff disse...

Concordo plenamente com vc e digo mais, pois além da Cássia Kiss a Regina Duarte tb ta muito caricata em O Astro.

Paulo Jr. disse...

Regina Duarte tbm tá caricata em O Astro, mas ainda assim tá bem menos do que essa Dulce. Tá certo que o estilo do autor é farsesco (ou seria só desculpa da Globo?). Mas tá 24.000 tons acima de uma novela mexicana!!!

Fora que, se formos analisar bem, no clico de vai-e-vém dos eventos da novela, NADA aconteceu na novela inteira! Só que foi bem disfarçado, mas é um fato.

Postar um comentário

Twitter Facebook Adicionar aos Favoritos Mais

 
Tecnologia do Blogger | por João Pedro Ferreira