segunda-feira, 4 de julho de 2011

Agora é Tarde acerta o formato e erra o apresentador

Com um pequeno - dependendo do ponto de vista - atraso, assisti neste final de semana à estreia do novo programa noturno da Band. Formato quase idêntico ao Programa do Jô, talvez apostando um pouco mais no humor do que propriamente nas entrevistas, Agora é Tarde é a nova aposta da emissora tentando entrar na briga pela audiência do final de noite.

O que se viu neste primeiro programa foi uma produção afiada e que pensou nos mínimos detalhes para fazer um programa de qualidade para o telespectador, até porque, a primeira impressão é a que fica. Com cuidado na escolha dos temas, um roteiro muito bom elaborado e que não ficasse de forma robótica diante da câmera, ficou claro que todos os momentos foram devidamente pensados antes de ser colocados em prática.

Ponto para a emissora que conseguiu produzir um programa de qualidade interessante. Tudo coopera para que o telespectador se sinta a vontade diante da TV enquanto assiste ao Agora é Tarde. Fica claro em todos os momentos que, definitivamente, este produto é feito exclusivamente para o público-alvo e muito bem feito, diga-se. Talvez por isso a estreia tenha sido tão bem aceita.

O apresentador, contudo, não esteve na mesma vibe do restante da produção. Apesar de já ter se mostrado um bom comediante, Danilo Gentili não deu mostras de segurar um programa deste porte. Sem nenhum carisma, ele deixou-se envolver pelos convidados e, pena, em alguns momentos passou até desapercebido porque não conseguia acompanhar o ritmo dos próprios convidados, o que é um perigo para este tipo de formato. É bem verdade que foi apenas a estreia, mas, se não melhorar rapidamente, Gentili pode estragar um formato que teria tudo para dar certo.

3 Quebraram tudo:

Marlon Kraupp disse...

Concordo com você. Primeiro que o programa ficou realmente muito bom. O que me incomodou muito foi o cenário, gente, ridículo, a mesa é menor que a perna do danilo, é escuro de mais, sim, eu sei, passa a noite e por isso é escuro, mais ali é de mais.

Sobre a apresentação, achei o gentili muito nervoso. Mas, talvez, com o tempo ele pegue o jeito.

m.stedile disse...

Ninguém supera o Programa do Jô, pois Jô Soares é muito inteligente, sabe aproveitar o máximo do convidado e quando a entrevista está fraca, ele sabe manter o programa interessante chamando as atenções para si.

Luana Bernardo disse...

Concordo com o texto. Danilo realmente estava nervoso, mas dizer que erraram no apresentador é no minimo exagerado. Danilo ja deu prova de que é extremamente talentoso, se adaptar a um programa solo é questão de tempo.

Quando a pessoa acima que disse que ninguém supera o Jô, faz me rir né? O Jô é muitas vezes chato impaciente e enfadonho e outra, comparar Jô com Danilo é extremamente insensato. Preciso dizer a quantos séculos o Jô está na TV?

Afff

Sem mais.

Postar um comentário

Twitter Facebook Adicionar aos Favoritos Mais

 
Tecnologia do Blogger | por João Pedro Ferreira