quarta-feira, 2 de março de 2011

Momento épico do BBB - TODOS COMEMORA

Sou fã do Big Brother Brasil. Aliás, sou fã de qualquer Reality Show. Não nego, nunca neguei, acho o formato atraente e muito interessante, uma forma inovadora de entretenimento que a TV brasileira tem sabido explorar com precisão na maior parte das vezes, principalmente por saber ser independente e respeitar a cultura nacional na forma de assistir televisão.

Acompanho o BBB desde sua primeira edição, já faz tempo, e sou um dos telespectadores que viu diante de seus olhos este fenômeno de audiência, faturamento e repercussão, ir se tornando independente, maduro e desenvolvido. Em sua 11ª edição, o Reality global teve momentos inesquecíveis e impossíveis de se registrar todos neste espaço, para citar apenas dois deles: Ana Carolina matando formigas com sabão em pó e a briga espetacular entre Elenita e Lia.

Na noite da última terça tivemos dois momentos ótimos no programa. O primeiro, foi a saída do participante mais intragável da história de todos os Realities Shows que já foram produzidos no Brasil. Diogo, o ogro gago, foi eliminado e baixou a bola dele e de seus amigos, outro bando de gente insuportável e mostrou que o público está atento, notando as trapalhadas dos participantes.

Confesso que nunca fiquei tão satisfeito com uma eliminação como fiquei ao ver Diogo chorando copiosamente por deixar os "amigos" e ter que abandonar o jogo. BEM FEITO!!!! Mas, o melhor ainda estava por vir, após o fim do programa de terça, já no PPV, o que se viu foi um momento épico, uma cena que jamais sairá da mente de quem viu.

Maurício, ou Maumau para os íntimos, sentado, inconsolável, chorando copiosamente pela saída do amigo e dizendo frases de uma verdadeira viúva ao melhor estilo luto: "Ele era tão carinhoso comigo, os abraços, as conversas, os beijos. Vou sentir tanta falta". Ri, e não ri pouco, minha barriga doeu e acordei quase toda a casa com minhas gargalhadas.

E tem gente que insiste em dizer que Big Brother não é entretenimento. Tem programa de humor melhor que este?

5 Quebraram tudo:

Gabriel Borba disse...

"Todos COMEMORA"? Não entendi, mas...
Bem, como de costume concordo com quase tudo que disseste.
Não tenho o PPV do BBB mas ontem, por coincidência, estávamos no aniversário de um amigo fanático pelo programa e todos vimos a tal cena, e realmente foi engraçadíssima. Quero ver ele explicar aquilo quando sair. É um tal de "Eu te amo" pra cá, "eu te amo" pra lá.
Só quero discordar de ti em um ponto: a saída de Diogo não foi boa para o programa. Posso até me enganar, mas acho que daqui pra frente vai virar "o clube dos bonzinhos", e isso ninguém quer assistir. Espero estar enganado, mas acho que vamos até a final apenas vendo bizarrices como as que Maria faz quase que diariamente (acho que se for para o paredão sai - o brasileiro é pudico) e as bobagens de Daniel bêbado(fiquei sabendo que um dia desses ele andava pelado pelo jardim e foi advertido pela produção - e que isto é bem comum para quem assite no PPV).
Uma pena. O BBB11 já era ruim, e vai ficar pior.
Um abraço.

Alexandre disse...

A saída dele deve ser comemorada. O Brasil não pode dar moral pra um homem sem respeito com as mulheres. Se o programa vai ficar 'bonzinho' não é a questão. Nesse caso, prefiro assistir a um marasmo a ter que ver um participante desrespeitando tanto as mulheres. Diogo não é como um Alberto Cowboy, Dr. Gê (estrategistas fracassados, vilões do jogo), Diogo é um homem que até pode ser verdadeiro e falar tudo o que pensa, mas é também extremamente desrespeitoso.

Nair disse...

Nossa, eu num curto BBB, mas ontem abri uma excessão. É impossivel nao saber tudo que acontece pois nos sites que se entra, fala-se sobre BBB, onde vc vai estao falando disso entao sabia dos fatos e resolvi assistir a eliminação daquele retardado.
Nao vi a cena do "mau mau" pois nao tenho PPV, mas ate imagino aquele cara de cavalo do mauricio chorando pelo seu macho amado. Adorei aquele anormal ter saído.

Gabriel Borba disse...

Alexandre, é claro que eu não gosto do Diogo, e não seria louco de defender o cara diante de tudo o que ele fez no BBB. Não concordo com nada do que ele fez. Xingamentos sem pé nem cabeça não podem servir de exemplo para ninguém. Mas o BBB há muito tempo deixou de ser parâmetro de comportamento (se é que alguma vez chegou a ser).
No entanto, pensando no programa em si a saída dele é ruim.
Eu gostaria que ele saísse em um paredão duplo (só pra começar), de preferência entre ele e uma das mulheres, para que a repercussão fosse maior.
A saída ontem em um paredão com duas exclusões (aliás, por que aconteceu isso heim? Para terminar o programa mais cedo?) foi extremamente vazia.
Só para deixar clara a minha opinião: acho que ele sair, com toda a polêmica que ele criava, junto com a Janaina, que não fedia nem cheirava, foi um desperdício.
Agora vamos ficar assistindo um bando de "amiguinhos" falando em amor entre os seres humanos e, quando de pileque, em sexo. Ou alguém acha que os "marmanjos" que ficaram não vão baixar a crista agora?
Resta esperar que a Diana surte de vez, ou desligar a TV.
Um abraço.

Francisco Othon Pereira de Norões disse...

eu sabia bbb 11 é grande porcaria,mas eu ver cqc 2011 é muito bom começa 14 de março ás 22:15 na band...

Postar um comentário

Twitter Facebook Adicionar aos Favoritos Mais

 
Tecnologia do Blogger | por João Pedro Ferreira